Resolução da Lista de Exercícios – 3º. Trimestre – 2º. Ens. Médio 2017

GABARITO E RESOLUÇÃO COMENTADA

01- RESP: B

Foi dada a reaçãoe o valor de ΔH

C2H4(g) + H2(g) C2H6(g) = –137 kJ.mol–1

Dado:

No reagentes temos:

- ligação C – H = 4 , C = C = 1 e H - H = 1

Nos produtos temos:

- ligação C – H = 6 e C - C = 1

RESOLUÇÃO

DICA: Nos reagentes a entalpia tem valor positivo e nos produtos tem entalpia negativa.

-137 = 4(413) + X + 436 + 6(-413) + (-346) =

-137 = 1652 + X +436 - 2478 -346 =

X = 1652+ 436 – 2478 – 346 + 137

X = - 599 Kj

02- RESP: A

I – MANTER ΔH = - 1368 kJ

II- MANTER ΔH = - - 875 kJ

III-INVERTER ΔH =+ 2231 kJ

ΔH = ΔH1 + ΔH2 + ΔH3 =

ΔH = -1368 + (-875) + 2231

ΔH = - 12 kJ

Obs: detalhes da resolução na questão 17

03- RESP: E

A reação não é elementar, pois foi dado a tabela

Verificando de y para x

A concentração de A dobra e a velocidade aumenta quatro vezes.

4 = 2a a = 2

Verificando de z para x

A concentração A dobra e a velocidade dobra.

2 = 2b b = 1

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.01.40

OBS: Mais detalhes da resolução na questão 22

04- RESP: A

 

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.03.55

05- RESP: E

HCA = 60 kcal ( sem catalisador).

HCA = 43 Kj ( com catalisador).

HR = 10 kcal.

HP = 30 kcal

HR = Entalpia dos reagentes.

HP = Entalpia dos produtos.

ΔH = HP – HR , onde ΔH>0 (ENDO) e ΔH<0 (EXO ).

ΔH = 30 – 10 è ΔH = 20 kJ ( ENDOTÉRMICA ).

Ea = HCA - HR è Ea = 60 – 10 è Ea = 50 kcal ( sem catalisador).

Ea = HCA - HR è Ea = 43 – 10 è Ea = 33 kcal ( com catalisador).

Portanto temos uma diminuição de 17 kcal

06- RESP: B

Quanto maior a superfície de contanto, maior será a velocidade da reação.

07- RESP: E

O catalisador acelera uma reação, pois diminui a energia de ativação. O catalisador é regenerado no final da reação.

08- RESP: E

Quanto maior a superfície de contanto, maior será a velocidade da reação.

09- RESOLUÇÃO

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.05.07

10- RESOLUÇÃO

HCA = 60 kcal ( sem catalisador).

HCA = 43 Kj ( com catalisador).

HR = 10 kcal.

HP = 30 kcal

HR = Entalpia dos reagentes.

HP = Entalpia dos produtos.

ΔH = HP – HR , onde ΔH>0 (ENDO) e ΔH<0 (EXO ).

a)Ea = HCA - H Ea = 43 – 10 Ea = 33 kcal ( com catalisador).

b)ΔH = 30 – 10 → ΔH = 20 kJ ( ENDOTÉRMICA ).

11- RESOLUÇÃO

A reação não é elementar, pois foi dado a tabela

*Taxa relativa = velocidade

Verificando de 1 para 2

A concentração de [BrO3-] dobra e a velocidade dobra tambéma.

2 = 2aa = 1

Verificando de 1 para 3

A concentração de [Br-] triplica e a velocidade também triplica.

3 = 3bb = 1

Verificando de 2 para 4

A concentração de [H+] dobra e a velocidade aumenta quatro vezes

4 = 2zz = 2

Equação da velocidade

V = K.[ BrO3-]1.[ Br-]1.[ H+]2

OBS: Mais detalhes da resolução na questão 22

12- RESOLUÇÃO

Foi dada a reação e os valores de energia de ligação.

N2(g) +3 H2(g) 2 NH3(g) = ?

No reagentes temos:

ligação N Ξ N = 1 , H - H = 3

Nos produtos temos:

ligação N – H = 6

DICA: Nos reagentes a entalpia tem valor positivo e nos produtos tem entalpia negativa.

ΔH = 944 + 3(436) + 6(-390) =

ΔH = 944 + 1308 -2340 =

ΔH = - 88 kJ

13- RESP: A

A questão fornece três reações com o valor de ΔH, indicando que envolve a LEI DE HESS. Também foi dada a reação principal, que é a combustão total do metano.

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.06.48

14- RESP: - 75kJ

A questão fornece três reações com o valor de ΔH, indicando que envolve a LEI DE HESS. Também foi citado que a reação principal, que é a formação do metano.

Equação de formação do metano

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.07.43

15- RESP: A

Equação da velocidade

V = K [A]X[B]Y[C]Z

A(g) + B(g) + C(g) D (g),

Em 1 e 2

A concentração da substância C dobra e a velocidade permanece constante.

1 = 2z z = 0

Em 1 e 3

A concentração e a velocidade da substância B dobra.

2 = 2y y = 1

Em 1 e 4

A concentração da substânciaA dobra e a velocidade aumenta 4 vezes.

4 = 2x x = 2

Portanto temos:

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.08.56

16- RESP: E

Precisamos determinar os valores de a e b

O2(g) + 2 NO(g) 2 NO2(g) V = K.[O2]a.[NO]b

Em 1 e 2

A concentração de O2 e a velocidade dobra.

2 = 2a a = 1

Em 1 e 3

A concentração de NO dobra e a velocidade aumenta 4 vezes.

4 = 2b b = 2

Equação da velocidade

V = K.[O2]1.[NO]2

Dica: A ordem é o expoente.

17- RESOLUÇÃO

A questão fornece três reações com o valor de ΔH, indicando que envolve a LEI DE HESS.

Precisamos montar apenas a reação principal, que de acordo com o texto é de formação do propano.

Lembrando:Na entalpia de formação, sempre vai formar um mol da substância, a partir de suas substâncias simples.

3 C(grafite) + 4 H2(g)  C3H8(g) ΔHº = ?

RESOLUÇÃO

Encontramos o carbono grafite na 2º equação e na mesma posição ( reagente ). Só que na principal temos 3 mols de carbono grafite, isto indica que temos que manter e multiplicar a equação II por três ,incluindo o ΔH.

Encontramos o gás hidrogênio na 3º equação e na mesma posição ( reagente ). Só que na principal temos 4 mols de gás hidrogênio, isto indica que temos que manter e multiplicar a equação III por quatro ,incluindo o ΔH.

Encontramos o gás propano na 1º equação e na posição de reagente e na principal o gás propano é produto. Portanto temos que inverter a reação, incluindo o sinal do ΔH.

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.10.59

 

18- RESP:D

Dadas as equações termoquímicas com o respectivo valor de ΔH, concluímos que a questão é sobre a LEI DE HESS.

Reação principal:

2 N2 (g ) + 5 O2(g) → 2 N2O5 (g) ΔH = ?

Encontramos o N2 na equação III na posição do reagente. Temos que manter e multiplicar por 4, porque na principal temos 2 mols.

O gás oxigênio aparece em mais que uma reação, portanto não vamos “mexer” com ele.

Encontramos o N2O5 na equação II, só que na posição de reagente. Isso indica que temos que inverter a reação e multiplicar por 2, porque na principal temos 2 mols.

Vamos precisar inverter a reação I , para conseguir “cortar” o H2 e a H2O que não aparecem na reação principal

RESOLUÇÃO:

 

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.12.20

 

19- RESP: A

De acordo com os dados, trata-se de energia de ligação, conforme informação do enunciado, temos que balancear a equação.

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.13.14

 

20 – RESP: C

De acordo com os dados, trata-se de energia de ligação.

Agora vamos abrir a reação para facilitar a visualização das ligações.

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.14.19

21 – RESP: B

De acordo com os dados, trata-se de energia de ligação, conforme informação do enunciado, temos que equacionar a reação de combustão total do butano. A combustão total de hidrocarboneto produz gás carbônico e água

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.16.16

 

22 – RESOLUÇÃO

A questão é sobre velocidade de reação, onde a mesma pede para determinar a equação da velocidade.

Dica :A equação da velocidade é escrita em função dos reagentes. Quando a reação ocorre em várias etapas (tem uma tabela ou gráfico ), indica que a mesma não é elementar e não temos os expoentes(necessário calcular ). O expoente é a ordem. A ordem da reação será a soma dos expoentes.

V = k [ etanotiol]x [hidrogênio]y

A reação não é elementar. Temos que encontrar o valor de x e de y que são os expoentes.

Para determinar o y, vamos deixar o x constante. Encontramos esta situação no experimento 1 e 2, onde notamos que a concentração do etanotiol permanece constante e a concentração de hidrogênio dobra, ocorrendo o mesmo com a velocidade

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.18.04

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.18.38

23 – RESP: B

A questão é sobre velocidade de reação, onde a mesma foi dada.

V = k [ A]2 [B]1

A questão (este tipo de questão) não forneceu a concentração molar inicial. Para facilitar os cálculos vamos admitir que a concentração inicial dos reagentes fosse de 1 mol/L ( poderia ser qualquer número. Escolhemos o 1 mol/L para ficar mais fácil de verificar quantas vezes aumentou ou diminuiu ) e calcular a velocidade inicial.

No início temos:

V = k [ 1]2 [1]1è V = 1K

Depois temos:

- concentração de A foi triplicada è [ 3 ].

-concentração de B foi duplicada è [2 ]

V = k [ 3]2 [2]1è V = 18K

O NOVO VALOR DA VELOCIDADE SERÁ 18 VEZES MAIOR.

24 – RESP: C

RESOLUÇÃO

Para determinar o Y, vamos deixar o X constante. Encontramos esta situação no experimento 1 e 3, onde notamos que a concentração do [NO] permanece constante e a concentração de [H2] dobra, e a velocidade aumenta 2 vezes.

V = k [NO]X[H2]Y

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.19.38

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.20.18

25 – RESP: B

Para determinar o Y, vamos deixar o X constante. Encontramos esta situação no experimento 1 e 3, onde notamos que a concentração do [NO] permanece constante e a concentração de [O2] aumenta 4 vezes, e a velocidade também aumenta 4 vezes.

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.22.10

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.23.00

26 – RESP: D

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.23.56

27- RESP: D

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.24.43

 

28 – RESOLUÇÃO

Através do gráfico temos:

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.25.43

29 – RESOLUÇÃO

Dado o diagrama notamos que:

I = HCA sem catalisador

II = HCA com catalisador

HP Entalpia dos produtos

HR Entalpia dos reagentes

A curva II representa a reação na presença de catalisador. Quanto menor a energia de ativaçã ( dada aos reagentes até atingir o complexo ativado), maior a velocidade da reação.

O catalisador não interfere na variação de entalpia, pois a mesma é calculada pela diferença entre a entalpia dos produtos e entalpia dos reagentes, na presença ou não do catalisador.

30 – RESOLUÇÃO

V = K [A]X [ B ]Y [C]Z

V2/V1 X 2 = 2X =1 V3/V1 Y 4 = 2Y = 2 V4/V1 Z 1 = 2Z = 0

PORTANTO : V = K [A]1 [ B ]2

Dica:A velocidade da reação não depende da concentração da substância [C], pois o expoente é igual a zero.

31 – RESOLUÇÃO

seguir.

A questão já forneceu as ligações. Portanto temos:

ΔH = 4(100) + 146 + 104,2 + 6(-100) + ( - 82,9 ) =

ΔH = 400 + 146 + 104,2 – 600 – 82,9 = ΔH = - 32,7 kcal

Obs. Dicas no exercício 11

32 – RESOLUÇÃO

Captura de Tela 2017-10-09 às 23.26.34

 

Voltar para os exercícios

Lista de Exercícios – 3º. Trimestre – 2º. Ens. Médio 2017

Lista de exercícios–Química – prof. Raimundo. 3º. Trimestre - 2º. Ens. Médio 2017

Dados: C = 12 H = 1 O = 16 Ca = 40 S = 32 Na = 23 N = 14 Cl = 35,5 Mn = 55 Mg = 24 K = 39 He = 4 Br = 80 Cu = 63,5 Ag = 108 P = 31 Hg = 200 Se = 79

Resolução comentada e gabarito no final da lista. É só clicar.

  • CINÉTICA QUÍMICA (LEI DA VELOCIDADE E GRÁFICOS)

  • TERMOQUÍMICA ( LEI DE HESS, ENERGIA DE LIGAÇÃO).

01 - (PUC SP/2017)

A reação de hidrogenação do etileno ocorre com aquecimento, na presença de níquel em pó como catalisador. A equação termoquímica que representa o processo é

C2H4(g) + H2(g) C2H6(g) = –137 kJ.mol–1

Dado:

A partir dessas informações, pode-se deduzir que a energia de ligação da dupla ligação que ocorre entre os átomos de C no etileno é igual a

a) 186 kJ.mol–1.

b) 599 kJ.mol–1.

c) 692 kJ.mol–1.

d) 736 kJ.mol–1.

02 - (FATEC SP/2016)

O éster acetato de etila é utilizado na indústria química como solvente e como flavorizante, para conferir sabor artificial de maçã ou pera aos alimentos.

Este composto também pode ser preparado a partir de uma reação de esterificação:

CH3–CH2–OH (l) + CH3–COOH (l) CH3–COOCH2–CH3 (l) + H2O (l)

Para calcularmos a variação de entalpia da reação, , podemos aplicar a lei de Hess às equações de combustão dos compostos orgânicos presentes na reação de esterificação, apresentadas a seguir.

I. CH3–CH2–OH (l) + 3 O2 (g) 2 CO2 (g) + 3 H2O (l) = –1 368 kJ

II. CH3COOH (l) + 2 O2 (g) 2 CO2 (g) + 2 H2O (l) = –875 kJ

III. CH3COOCH2CH3 (l) + 5 O2 (g) 4 CO2 (g) + 4 H2O (l) = –2 231 kJ

Aplicando a lei mencionada, a variação de entalpia da reação de esterificação descrita será, em kJ, igual a

a) –12.

b) +12.

c) –1 738.

d) +4 474.

e) –4 474.

03 - (Mackenzie SP/2017)

O estudo cinético de um processo químico foi realizado por meio de um experimento de laboratório, no qual foi analisada a velocidade desse determinado processo em função das concentrações dos reagentes A e B2. Os resultados obtidos nesse estudo encontram-se tabelados abaixo.

Com base nos resultados obtidos, foram feitas as seguintes afirmativas:

I. As ordens de reação para os reagentes A e B2, respectivamente, são 2 e 1.

II. A equação cinética da velocidade para o processo pode ser representada pela equação v = k[A]2[B2].

III. A constante cinética da velocidade k tem valor igual a 200.

Considerando-se que todos os experimentos realizados tenham sido feitos sob mesma condição de temperatura, é correto que

a) nenhuma afirmativa é certa.

b) apenas a afirmativa I está certa.

c) apenas as afirmativas I e II estão certas.

d) apenas as afirmativas II e III estão certas.

e) todas as afirmativas estão certas.

04 - (IFBA/2017)

Os gases butano e propano são os principais componentes do gás de cozinha (GLP - Gás Liquefeito de Petróleo). A combustão do butano (C4H10) correspondente à equação:

C4H10 + O2 CO2 + H2O + Energia

Se a velocidade da reação for 0,1 mols butano-minuto qual a massa de CO2 produzida em 1 hora?

a) 1.056 g

b) 176 g

c) 17,6 g

d) 132 g

e) 26,4 g

05 - (UNISC RS/2015)

Uma reação química normalmente envolve aspectos energéticos e cinéticos. Interprete o gráfico a seguir, que ilustra uma reação hipotética desenvolvida na presença e na ausência de catalisador e indique a alternativa verdadeira.

a) A reação é exotérmica com energia de ativação sem o catalisador de 30 Kcal.

b) A reação é endotérmica com energia do complexo ativado sem catalisador de 43 Kcal.

c) A reação apresenta uma energia de ativação de 30 Kcal sem catalisador e 17 Kcal com o catalisador.

d) A reação é endotérmica e tem um .

e) A energia de ativação da reação diminui em 17 Kcal com a utilização do catalisador.

06 - (PUC Camp SP/2017)

Para mostrar a diferença da rapidez da reação entre ferro e ácido clorídrico, foi utilizado o ferro em limalha e em barra. Pingando dez gotas de ácido clorídrico 1,0 mol . L–1 em cada material de ferro, espera-se que a reação seja

a) mais rápida no ferro em barra porque a superfície de contato é menor.

b) mais rápida no ferro em limalha porque a superfície de contato é maior.

c) igual, pois a concentração e a quantidade do ácido foram iguais.

d) mais lenta no ferro em limalha porque a superfície de contato é menor.

e) mais lenta no ferro em barra porque a superfície de contato é maior.

07 - (Uni-FaceF SP/2017)

A substância química eteno (ou etileno) sofre hidrogenação, catalisada por níquel, transformando-se em um etano:

A função do catalisador nessa reação é de

a) reduzir a energia cinética da reação.

b) inibir a reação do eteno com o hidrogênio.

c) reduzir à metade a velocidade de reação.

d) diminuir a quantidade de etano produzido.

e) diminuir a energia de ativação da reação.

08 - (IFSP/2016)

Colocamos um pedaço de palha de aço em cima de uma pia e a seu lado um prego de mesma massa. Notamos que a palha de aço enferruja com relativa rapidez enquanto que o prego, nas mesmas condições, enferrujará mais lentamente. Os dois materiais têm praticamente a mesma composição, mas enferrujam com velocidades diferentes.

Isso ocorre devido a um fator que influencia na velocidade dessa reação, que é:

a) temperatura.

b) concentração dos reagentes.

c) pressão no sistema.

d) superfície de contato.

e) presença de catalisadores.

09 - (UFG GO/2014)

A variação de entalpia (ΔH) é uma grandeza relacionada à variação de energia que depende apenas dos estados inicial e final de uma reação. Analise as seguintes equações químicas:

1)C3H8(g) + 5 O2(g)  3 CO2(g) + 4 H2O(l) ΔHº = –2.220 kJ

2) C(grafite) + O2(g)  CO2(g) ΔHº = –394 kJ

3) H2(g) + ½ O2(g)  H2O(l) ΔHº = –286 kJ

Ante o exposto, determine o valor da variação de entalpia do processo:

3 C(grafite) + 4 H2(g)  C3H8(g)

10 - (UNISC RS/2015)

Uma reação química normalmente envolve aspectos energéticos e cinéticos. Interprete o gráfico a seguir, que ilustra uma reação hipotética desenvolvida na presença e na ausência de catalisador e determine:

a)A energia de ativação da reação catalisada.

b) A variação de entalpia (ΔH) da reação.

11 - (PUC SP/2016)

O ânion bromato reage com o ânion brometo em meio ácido gerando a substância simples bromo segundo a equação: BrO3 (aq) + 5 Br (aq) + 6 H+ (aq) 3 Br2(aq) + 3 H2O(l)

A cinética dessa reação foi estudada a partir do acompanhamento dessa reação a partir de diferentes concentrações iniciais das espécies BrO3 (aq), Br (aq) e H+ (aq).

Ao analisar esse processo, escreva a lei da velocidade dessa reação.

Captura de Tela 2017-10-09 às 22.39.21

12 - (UNCISAL/2016)

No processo de Haber-Bosch, a amônia é obtida em alta temperatura e pressão, utilizando ferro como catalisador. Essa amônia tem vasta aplicação como fonte de nitrogênio na fabricação de fertilizante e como gás de refrigeração. Dadas as energias de ligação, H–H436kJ/mol,NN944kJ/mol e H–N 390 kJ/mol, calcule a variação de entalpia para a reação dada: Reação: N2 + 3H2 2NH3

13 - (UEL PR/2015)

Um dos maiores problemas do homem, desde os tempos pré-históricos, é encontrar uma maneira de obter energia para aquecê-lo nos rigores do inverno, acionar e desenvolver seus artefatos, transportá-lo de um canto a outro e para a manutenção de sua vida e lazer. A reação de combustão é uma maneira simples de se obter energia na forma de calor. Sobre a obtenção de calor, considere as equações a seguir.

I-C(grafite) + O2(g) CO2(g) ΔH = –94,1 kcal

II-H2O(l)  H2(g) + O2(g) ΔH = +68,3 kcal

III-C(grafite) + 2H2(g CH4(g) ΔH = –17,9 kcal

Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o valor do calor de combustão (ΔH) do metano (CH4) na equação a seguir.

CH4(g)+ 2O2(g CO2(g)+ 2H2O(l)

a) –212,8 kcal

b) –144,5 kcal

c) –43,7 kcal

d) +144,5 kcal

e) +212,8 kcal

14 - (UEFS BA/2014)

I. H2(g) + O2(g)  H2O(l) ΔHº = –286kJmol–1

II. C(graf.) + O2(g)  CO2(g) ΔHº = –394kJmol–1

III. CH4(g) + 2O2 CO2(g) + 2H2O(l) ΔHº = –891kJmol–1

Utilizando-se a Lei de Hess, é possível calcular a variação de entalpia de uma reação química a partir das entalpias de outras reações que apresentem substâncias comuns à reação desejada

Assim, considerando-se as equações termoquímicas de combustão representadas em I, II e III e aplicando a Lei de Hess, calcule a variação de entalpia(ΔH) para a formação do metano.

15 - (Mackenzie SP/2014)

No estudo cinético do processo químico equacionado por

A(g) + B(g) + C(g) D (g),

foram realizados experimentos a uma dada temperatura T, por meio dos quais foram obtidos os dados que se encontram na tabela abaixo:

A partir desses dados, foram feitas as seguintes afirmações:

I. Trata-se de um processo de ordem global igual a 3.

II. A expressão da velocidade cinética do processo é dada por v = k[A][B][C].

III. O valor da constante de proporcionalidade k, na temperatura T, é de 0,01.

É correto dizer que

a) apenas I e III são verdadeiras.

b) apenas I e II são verdadeiras.

c) apenas I é verdadeira.

d) apenas II é verdadeira.

e) apenas III é verdadeira.

16 -(UNIUBE MG/2014)

No estudo das velocidades das reações, conceitua-se a ordem de reação como a soma dos expoentes aos quais estão elevadas as concentrações na expressão de velocidade, não sendo associada aos coeficientes da reação. Qualquer hipótese levantada sobre uma reação química em nível molecular deverá, obrigatoriamente, concordar com a lei de velocidade, pois ela é proposta única e exclusivamente com base em dados experimentais. Imagine que um grupo de estudantes queira determinar a ordem de reação para os reagentes da reação entre gás oxigênio e monóxido de nitrogênio, formando dióxido de nitrogênio, representada abaixo.

O2(g) + 2 NO(g) 2 NO2(g) V = K.[O2]a.[NO]b

Para a determinação dos valores de “a” e “b”, os alunos realizaram 4 experimentos cujos dados são mostrados na tabela abaixo.

De acordo com as informações dadas e os conceitos sobre cinética química, a ordem de reação em relação ao O2, NO e a expressão da velocidade para a reação são, respectivamente:

a) 1; 1 e V = K.[O2].[NO]

b) 2; 1 e V = K.[O2]2.[NO]

c) 2; 2 e V = K.[O2]2.[NO]2

d) 1; 1 e V = K.[O2]2.[NO]2

e) 1; 2 e V = K.[O2].[NO]2

17 - (UFG GO/2014)

A variação de entalpia (ΔH) é uma grandeza relacionada à variação de energia que depende apenas dos estados inicial e final de uma reação. Analise as seguintes equações químicas:

I-C3H8(g) + 5 O2(g) → 3 CO2(g) + 4 H2O(l) ΔHº = –2.220 kJ

II- C(grafite) + O2(g)  CO2(g) ΔHº = –394 kJ

III- H2(g) + ½ O2(g)  H2O(l) ΔHº = –286 kJ

Ante o exposto, determine a equação global de formação do gás propano e calcule o valor da variação de entalpia do processo.

18 - (UNIFOR CE/2013)

Dadas as equações termoquímicas:

  1. 2 H2(g) + O2(g) 2H2O ΔH = –571,5 kJ

  2. N2O5(g) + H2O (l) 2 HNOΔH = –76,6 kJ

III- ½ N2(g) + 3/2 O 2 (g) + ½ H2 (g)  HNOΔH = –174 kJ

Assinale a alternativa com o valor da variação de entalpia, ΔH, para a reação:

2 N2(g) + 5 O2(g) 2 N2O5(g)

a) – 36,7 kJ b) – 28,7 kJ c) + 36,7 Kj d) + 28,7 kJ e) + 38,3 kJ

19 - (MACK SP)

O gás propano é um dos integrantes do GLP (gás liquefeito de petróleo) e, desta forma, é um gás altamente inflamável.

Abaixo está representada a equação química NÃO BALANCEADA de combustão completa do gás propano.

C3H8(g) + O2(g) → CO2(g) + H2O(v)

Na tabela, são fornecidos os valores das energias de ligação, todos nas mesmas condições de pressão e temperatura da combustão.

Assim, a variação de entalpia da reação de combustão de um mol de gás propano será igual a

a) – 1670 kJ. b) – 6490 kJ. c) + 1670 kJ. d) – 4160 kJ. e) + 4160 kJ.

20 - (UESPI)

Os clorofluorcarbono (CFCs) são usados extensivamente em aerosóis, ar-condicionado, refrigeradores e solventes de limpeza. Os dois principais tipos de CFCs são o triclorofluorcarbono (CFCl3) ou CFC-11 e diclorodifluormetano (CF2Cl2) ou CFC-12. O triclorofluorcarbono é usado em aerosóis, enquanto que o diclorodifluormetano é tipicamente usado em refrigeradores. Determine o H para a reação de formação do CF2Cl2:

CH4(g) + 2Cl2(g) + 2F2(g) →  CF2Cl2(g) + 2HF(g) + 2HCl(g)

Dados de energia de ligação em kJ/mol: C-H (413); Cl-Cl (239); F-F (154); C-F (485); C-Cl (339); H-F (565); H-Cl (427).

a) – 234 kJ b) – 597 kJ c) – 1194 Kj d) – 2388 kJ e) – 3582 kJ

21 - (UEG GO)

Baseado na tabela contendo valores de entalpias de ligação acima, o calor liberado em kJ.mol–1, na reação de combustão completa do butano em fase gasosa, seria:

a) 1970 b) 2264 c) 4180 d) 5410

22 - (UEL PR/2014)

O processo de remoção de enxofre em refinarias de petróleo é uma prática que vem sendo cada vez mais realizada com o intuito de diminuir as emissões de dióxido de enxofre de veículos automotivos e o grau de envenenamento de catalisadores utilizados. A dessulfurização é um processo catalítico amplamente empregado para a remoção de compostos de enxofre, o qual consiste basicamente na inserção de hidrogênio.

A reação química do composto etanotiol é mostrada a seguir.

C2H5SH(g) + H2(g) → C2H6(g) + H2S(g)

Suponha que a reação de dessulfurização seja realizada em laboratório, na presença de concentrações diferentes de etanotiol e hidrogênio, conforme quadro a seguir.

Com base nos dados apresentados nessa tabela, determine a lei da velocidade e a ordem da reação.

23 - (Unimontes MG/2013)

A velocidade da reação genérica 2A + B C é dada por V1 = k [A]2.[B]1. Em uma determinada situação, a concentração de A foi triplicada, e a de B duplicada. O novo valor de velocidade (V2), em função de V1, será:

a) igual a V1. b) 18 vezes maior. c) 2 vezes maior. d) 18 vezes menor.

24 - (UFPA/2012)

Os resultados de três experimentos, feitos para encontrar a lei de velocidade para a reação: 2 NO(g) + 2 H2(g)  N2(g) + 2 H2O(g), encontram-se na Tabela abaixo.

Tabela 1 – Velocidade inicial de consumo de NO(g)

De acordo com esses resultados, é correto concluir que a equação de velocidade é

a)v = k [NO] [H2]2b)v = k [NO]2[H2]2c)v = k [NO]2[H2]

d)v = k [NO]4[H2]2e)v = k [NO]1/2[H2]

25 - (UFT TO)

Considere a equação para a reação de obtenção do dióxido de nitrogênio:

2NO(g) + O2(g)  2NO2(g)

A tabela a seguir apresenta dados obtidos experimentalmente para determinação da cinética de reação do dióxido de nitrogênio à temperatura de 400ºC.

A ordem global da reação é:

a)4 b) 3 c) 2 d) 1 e) 0

26 - (FATEC SP/2014)

Uma indústria necessita conhecer a mecânica das reações para poder otimizar sua produção.

O gráfico representa o mecanismo de uma reação hipotética:

A2 + B2 → 2 AB

A análise do gráfico permite concluir corretamente que

a) temos uma reação endotérmica, pois apresenta ΔH = –10 kJ.

b) temos uma reação exotérmica, pois apresenta ΔH = +10 kJ.

c) a energia do complexo ativado é 30 kJ.

d) a energia de ativação para a reação direta é 30 kJ.

e) a energia de ativação para a reação inversa é 40 kJ.

27 - (UEG GO/2013)

Durante a manifestação das reações químicas, ocorrem variações de energia. A quantidade de energia envolvida está associada às características químicas dos reagentes consumidos e dos produtos que serão formados.

O gráfico abaixo representa um diagrama de variação de energia de uma reação química hipotética em que a mistura dos reagentes A e B levam à formação dos produtos C e D.

Com base no diagrama, no sentido direto da reação, conclui-se que a

a) energia de ativação da reação sem o catalisador é igual a 15kJ.

b) energia de ativação da reação com o catalisador é igual a 40kJ.

c) reação é endotérmica.

d) variação de entalpia da reação é igual a -30kJ.

28 - (UFG GO)

A reação química descreve a transformação do composto A em um complexo ativado intermediário que, por sua vez, forma o composto B.

O gráfico a seguir apresenta a relação entre a energia e o caminho da reação.

Considerando o exposto,

a) calcule a energia de ativação e a variação de entalpia (DH) da reação.

b) esboce um gráfico entre a energia e o caminho da reação inversa.

29 - (UNESP SP/2013)

O esquema apresentado descreve os diagramas energéticos para uma mesma reação química, realizada na ausência e na presença de um agente catalisador.

Com base no esquema, responda qual a curva que representa a reação na presença de catalisador. Explique sua resposta e faça uma previsão sobre a variação da entalpia dessa reação na ausência e na presença do catalisador.

30 - (FGV SP/2014)

Para otimizar as condições de um processo industrial que depende de uma reação de soluções aquosas de três diferentes reagentes para a formação de um produto: A + 3 B + 2 C Produtos, o mestre Pifer realizou um experimento que consistiu em uma série de reações nas mesmas condições de temperatura e agitação. Os resultados são apresentados na tabela:Após a realização dos experimentos , qual a equação da velocidade encontrada pelo nosso mestre?

31 - (UEG GO/2014)

O mestre Gerson, (também escritor de poemas ) , resolveu estudar a formação e a quebra das ligações químicas que é de grande importância para prever a estabilidade dos produtos que serão formados no curso de uma reação química. Portanto, a partir do conhecimento das energias de ligação presentes nos reagentes e produtos, pode-se estimar a variação de energia total envolvida na reação química. Um exemplo é a reação de hidrogenação do eteno, cuja equação química e cujas energias de ligação são apresentadas a seguir.

Considerando-se as informações apresentadas, calcule a variação da energia (ΔH) em kcal.mol–1 envolvida na reação .

32 - (MACK SP/2014)

O craqueamento (craking) é a denominação técnica de processos químicos na indústria por meio dos quais moléculas mais complexas são quebradas em moléculas mais simples. O princípio básico desse tipo de processo é o rompimento das ligações carbono-carbono pela adição de calor e/ou catalisador. Um exemplo da aplicação do craqueamento é a transformação do dodecano em dois compostos de menor massa molar, hexano e propeno (propileno), conforme exemplificado, simplificadamente, pela equação química a seguir:

C12H26(l) → C6H14(l) + 2 C3H6(g)

São dadas as equações termoquímicas de combustão completa, no estado-padrão para três hidrocarbonetos:

I- C12H26(l) + O2(g)  12 CO2(g) + 13 H2O(l) ΔC = –7513,0 kJ/mol

II- C6H14(g) + O2(g)  6 CO2(g) + 7 H2O(l) ΔC = –4163,0 kJ/mol

III- C3H6(g) + O2(g)  3 CO2(g) + 3 H2O(l) ΔC = –2220,0 kJ/mol

Determine o valor da variação de entalpia-padrão (ΔH ) para o craqueamento do dodecano em hexano e propeno.

Confira a resolução comentada da lista

GABARITO:

1) B 2) A 3) E 4) A 5) E 6) B 7) E 8) D 9) -106Kj 10) a) +33Kj b) + 20Kj

11) V = K [BrO-3]1 [Br-]1 [H+]212) – 88Kj

13) A 14) – 75 kJ 15) A 16) E 17) 106 Kj18) D 19) A 20) C 21) B

22) v = k . [Etanotiol] . [H2] e a ordem da reação é 2.

23) B 24) C 25) B 26) D 27) D

28) a) DHAtivação = +50 kJ/mol DHReação = +20 kJ/mol

b)

29) A curva II representa a reação na presença de catalisador, pois houve diminuição da energia de ativação. A variação de entalpia é a mesma na presença e na ausência de um catalisador.

30) V = k [A]1[B]2 31) – 32,7 kJ 32) + 1090 kJ

Resolução comentada – ENEM 2016

RESOLUÇÃO COMENTADA

1- RESP: C

Para verificar a presença de íons bário, é realizada a reação do ácido clorídrico com o carbonato de bário.

2HCl(aq) + BaCO3(s) BaCl2(aq) + H2O + CO2(g).

De acordo com o texto, é feito a filtração e o filtrado é tratado com ácido sulfúrico.

H2SO4(aq) + BaCl2(aq) BaSO4(aq) + 2 HCl(aq)

O sulfato de bário (BaSO4) é um precipitado branco.

DICA: A reação entre ácido e bicarbonato, forma sal, água e gás carbônico. Os sais: BaSO4 , CaSO4, PbSO4 e SrSO4 são insoluvéis em água.

2- RESP: E

De acordo com o texto, o tipo de isomeria do bombicol é a geométrica ( cis-trans )

DICA: A isomeria cis-trans ocorre quando temos uma dupla ligação entre carbonos.

Analisando as substâncias dadas, encontramos este tipo de isomeria do bombicol no inseto Scrobipapalpuloides absoluta

3- RESP: C

O aroma de capim-cidreira e eucaliptos, é obtido pelo processo de extração por arraste pelo vapor de água.

4- RESP: B

DICA: a questão forneceu o valor de potencial de redução.

maior potencial de redução = sofre redução.

Menor potencial de redução = sofre oxidação.

ΔE0 = E0 maior - E0 menor

ΔE0 = 0,8 – (-0,3)

ΔE0 = + 1,1V para cada biocélula

Para se obter uma ddp igual a 4,4 V, são necessárias 4 biocélulas.

5- RESP: B

O enunciado já informou que o princípio ativo que é a Capsaicina, encontra-se dissolvido em etanol ou isopropanol que são alcoóis, indicando que a mesma é pouco solúvel em água que é mais polar que o álcool.

6- RESP: A

A questão fornece o esquema:

R–X + Nu R–Nu + X (R = grupo alquila e X = halogênio)

A reação de SN entre metóxido de sódio (Nu = CH3O) e brometo de metila fornece um composto orgânico pertencente à função éter.

H3C – Br + H3CO- H3C – O – CH3 + Br-

Éter

7- RESP: D

Captura de Tela 2017-09-13 às 22.34.41

DICA: os cálculos são realizados com o reagente limitante.

Obs: para entender melhor como determinar o reagente em excesso, verifique as listas de exercícios envolvendo pH no caderno bom.

8- RESP: B

Captura de Tela 2017-09-13 às 22.35.24

9- RESP: D

A vulcanização da borracha é a adição de enxofre sobaquecimento e na presença de catalisadores. Durante esse processo, os átomos de enxofre quebram as ligações duplas e formam ligações unindo as moléculas da borracha, formando os poli-isoprenos.

Quando ocorre a queima desses pneus, ocorre a liberação de dióxido de enxofre e trióxido de enxofre que são os responsáveis pela chuva ácida formando o ácido sulfuroso e o ácido sulfúrico.

SO2 + H20 H2SO3

SO3 + H20 H2SO4

Para eliminar ( neutralizar) o efeito ácido destes óxidos, temos que borbulhar o mesmo em uma solução com o caráter básico.

Na tabela, as substancias com o caráter básico são:piridina, metilamina e hidrogenofosfato de potássio.

Dentre as quais o hidrogenofosfato de potássio possui o maior caráter básico, pois apresenta o maior valor de constante de equilíbrio ( ácido fraco e base forte)

DICA:A piridina, também conhecida como azina,

possui fórmula molecular C N. 

10- RESP: E

Dentre as substâncias dadas no enunciado, as polares são: metanol, etanol, propan-1-ol e água são polares, porém são aquecidas por irradiação com micro-ondas.

O n-hexano é apolar e de acordo com o gráfico a temperatura entre 0 e 40 s permanece constante e próxima de zero.

11- RESP: B

Questão de termoquímica envolvendo a Lei de Hess.

Captura de Tela 2017-09-13 às 22.36.02

12- RESP: D

De acordo com o texto, a adsorção ocorre por meio de interações dipolo induzido-dipolo induzido que são as chamadas forças de London (Van der Waals).O carvão e o benzeno são apolares, portanto é dipolo induzido.

Voltar para os exercícios

ENEM 2016

QUESTÕES ENEM – QUÍMICA 2016

01 - (ENEM/2016)

Em meados de 2003, mais de 20 pessoas morreram no Brasil após terem ingerido uma suspensão de sulfato de bário utilizada como contraste em exames radiológicos. O sulfato de bário é um sólido pouquíssimo solúvel em água, que não se dissolve mesmo na presença de ácidos. As mortes ocorreram porque um laboratório farmacêutico forneceu o produto contaminado com carbonato de bário, que é solúvel em meio ácido. Um simples teste para verificar a existência de íons bário solúveis poderia ter evitado a tragédia. Esse teste consiste em tratar a amostra com solução aquosa de HCl e, após filtrar para separar os compostos insolúveis de bário, adiciona-se solução aquosa de H2SO4 sobre o filtrado e observa-se por 30 min.

TUBINO, N.; J. A. Refletindo sobre o caso Celobar®.
Química Nova, n. 2, 2007 (adaptado).

A presença de íons bário solúveis na amostra é indicada pela

a) liberação de calor.

b) alteração da cor para rosa.

c) precipitação de um sólido branco.

d) formação de gás hidrogênio.

e) volatilização de gás cloro.

02 - (ENEM/2016)

Os feromônios são substâncias utilizadas na comunicação entre indivíduos de uma espécie. O primeiro feromônio isolado de um inseto foi o bombicol, substância produzida pela mariposa do bicho-da-seda.

O uso de feromônios em ações de controle de insetos-praga está de acordo com o modelo preconizado para a agricultura do fruto. São agentes altamente específicos e seus compostos químicos podem ser empregados em determinados cultivos, conforme ilustrado no quadro.

FERREIRA, J. T. B.; ZARBIN, P. H. G.
Amor ao primeiro odor: a comunicação química entre os insetos.
Química Nova na Escola, n. 7, maio 1998 (adaptado).

Considerando essas estruturas químicas, o tipo de estereoisomeria apresentada pelo bombicol é também apresentada pelo feromônio utilizado no controle do inseto

a) Sitophilus spp.

b) Migdolus fryanus.

c) Anthonomus rubi.

d) Grapholita molesta.

e) Scrobipalpuloides absoluta.

03 - (ENEM/2016)

Uma pessoa é responsável pela manutenção de uma sauna úmida. Todos os dias cumpre o mesmo ritual: colhe folhas de capim-cidreira e algumas folhas de eucalipto. Em seguida, coloca as folhas na saída do vapor da sauna, aromatizando-a, conforme representado na figura.

Qual processo de separação é responsável pela aromatização promovida?

a) Filtração simples.

b) Destilação simples.

c) Extração por arraste.

d) Sublimação fracionada.

e) Decantação sólido-líquido.

04 - (ENEM/2016)

TEXTO I

Biocélulas combustíveis são uma alternativa tecnológica para substituição das baterias convencionais. Em uma biocélula microbiológica, bactérias catalisam reações de oxidação de substratos orgânicos. Liberam elétrons produzidos na respiração celular para um eletrodo, onde fluem por um circuito externo até o cátodo do sistema, produzindo corrente elétrica. Uma reação típica que ocorre em biocélulas microbiológicas utiliza o acetato como substrato.

AQUINO NETO, S.
Preparação e caracterização de bioanodos para biocélula a combustível etanol/O2.
Disponível em: www.teses.usp.br. Acesso em: 23 jun. 2015 (adaptado).

TEXTO II

Em sistemas bioeletroquímicos, os potenciais padrão (Eº’) apresentam valores característicos. Para as biocélulas de acetato, considere as seguintes semirreações de redução e seus respectivos potenciais:

2 CO2 + 7 H+ + 8 e CH3COO + 2 H2O Eº’ = –0,3 V

O2 + 4 H+ + 4 e 2 H2O Eº’ = 0,8 V

SCOTT, K.; YU, E. H. Microbial electrochemical and fuel cells: fundamentals and
applications.
Woodhead Publishing Series in Energy, n. 88, 2016 (adaptado).

Nessas condições, qual é o número mínimo de biocélulas de acetato, ligadas em série, necessárias para se obter uma diferença de potencial de 4,4 V?

a) 3

b) 4

c) 6

d) 9

e) 15

05 - (ENEM/2016)

Em sua formulação, o spray de pimenta contém porcentagens variadas de oleorresina de Capsicum, cujo princípio ativo é a capsaicina, e um solvente (um álcool como etanol ou isopropanol). Em contato com os olhos, pele ou vias respiratórias, a capsaicina causa um efeito inflamatório que gerar uma sensação de dor e ardor, levando à cegueira temporária. O processo é desencadeado pela liberação de neuropeptídios das terminações nervosas.

Como funciona o gás de pimenta.
Disponível em: http://pessoas.hsw.uol.com.br.
Acesso em: 1 mar. 2012 (adaptado).

Quando uma pessoa é atingida com o spray de pimenta nos olhos ou na pele, a lavagem da região atingida com água é ineficaz porque a

a) reação entre etanol e água libera calor, intensificando o ardor.

b) solubilidade do princípio ativo em água é muito baixa, dificultando a sua remoção.

c) permeabilidade da água na pele é muito alta, não permitindo a remoção do princípio ativo.

d) solubilização do óleo em água causa um maior espalhamento além das áreas atingidas.

e) ardência faz evaporar rapidamente a água, não permitindo que haja contato entre o óleo e o solvente.

06 - (ENEM/2016)

Nucleófilos (Nu) são bases de Lewis que reagem com haletos de alquila, por meio de uma reação chamada substituição nucleofílica (SN), como mostrado no esquema:

R–X + Nu R–Nu + X (R = grupo alquila e X = halogênio)

A reação de SN entre metóxido de sódio (Nu = CH3O) e brometo de metila fornece um composto orgânico pertencente à função

a) éter.

b) éster.

c) álcool.

d) haleto.

e)hidrocarboneto.

07 - (ENEM/2016)

A minimização do tempo e custo de uma reação química, bem como o aumento na sua taxa de conversão, caracterizam a eficiência de um processo químico. Como consequência, produtos podem chegar ao consumidor mais baratos. Um dos parâmetros que mede a eficiência de uma reação química é o seu rendimento molar (R, em %), definido como

em que n corresponde ao número de mols. O metanol pode ser obtido pela reação entre brometo de metila e hidróxido de sódio, conforme a equação química:

CH3Br + NaOH CH3OH + NaBr

As massas molares (em g/mol) desses elementos são: H = 1; C = 12; O = 16; Na = 23; Br = 80.

O rendimento molar da reação, em que 32 g de metanol foram obtidos a partir de 142,5 g de brometo de metila e 80 g de hidróxido de sódio, é mais próximo de

a) 22%.

b) 40%.

c) 50%.

d) 67%.

e) 75%.

08 - (ENEM/2016)

Para cada litro de etanol produzido em uma indústria de cana-de-açúcar são gerados cerca de 18 L de vinhaça que é utilizada na irrigação das plantações de cana-de-açúcar, já que contém teores médios de nutrientes N, P e K iguais a 357 mg/L, 60 mg/L e 2 034 mg/L, respectivamente.

SILVA, M. A. S.; GRIEBELER, N. P.; BORGES, L. C. Uso de vinhaça e impactos nas
propriedades do solo e lençol freático.
Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e
Ambiental
, n. 1, 2007 (adaptado).

Na produção de 27 000 L de etanol, a quantidade total de fósforo, em kg, disponível na vinhaça será mais próxima de

a) 1.

b) 29.

c) 60.

d) 170.

e) 1 000.

09 - (ENEM/2016)

Após seu desgaste completo, os pneus podem ser queimados para a geração de energia. Dentre os gases gerados na combustão completa da borracha vulcanizada, alguns são poluentes e provocam a chuva ácida. Para evitar que escapem para a atmosfera, esses gases podem ser borbulhados em uma solução aquosa contendo uma substância adequada. Considere as informações das substâncias listadas no quadro.

Dentre as substâncias listadas no quadro, aquela capaz de remover com maior eficiência os gases poluentes é o(a)

a) fenol.

b) piridina.

c) metilamina.

d) hidrogenofosfato de potássio.

e) hidrogenosulfato de potássio.

10 - (ENEM/2016)

O aquecimento de um material por irradiação com micro-ondas ocorre por causa da interação da onda eletromagnética com o dipolo elétrico da molécula. Um importante atributo do aquecimento por micro-ondas é a absorção direta da energia pelo material a ser aquecido. Assim, esse aquecimento é seletivo e dependerá, principalmente, da constante dielétrica e da frequência de relaxação do material. O gráfico mostra a taxa de aquecimento de cinco solventes sob irradiação de micro-ondas.

BARBOZA, A. C. R. N. et al. Aquecimento em forno de micro-ondas.
Desenvolvimento de alguns conceitos fundamentais.
Química Nova, n. 6, 2001 (adaptado).

No gráfico, qual solvente apresenta taxa média de aquecimento mais próxima de zero, no intervalo de 0 s a 40 s?

a) H2O

b) CH3OH

c) CH3CH2OH

d) CH3CH2CH2OH

e) CH3CH2CH2CH2CH2CH3

11 - (ENEM/2016)

O benzeno, um importante solvente para a indústria química, é obtido industrialmente pela destilação do petróleo. Contudo, também pode ser sintetizado pela trimerização do acetileno catalisada por ferro metálico sob altas temperaturas, conforme a equação química:

3 C2H2 (g) C6H6 (l)

A energia envolvida nesse processo pode ser calculada indiretamente pela variação de entalpia das reações de combustão das substâncias participantes, nas mesmas condições experimentais:

I.C2H2 (g) + O2 (g) 2 CO2 (g) + H2O (l) kcal/mol

II.C6H6 (l) + O2 (g) 6 CO2 (g) + 3 H2O (l) kcal/mol

A variação de entalpia do processo de trimerização, em kcal, para a formação de um mol de benzeno é mais próxima de

a) –1 090.

b) –150.

c) –50.

d) +157.

e) +470.

12 - (ENEM/2016)

O carvão ativado é um material que possui elevado teor de carbono, sendo muito utilizado para a remoção de compostos orgânicos voláteis do meio, como o benzeno. Para a remoção desses compostos, utiliza-se a adsorção. Esse fenômeno ocorre por meio de interações do tipo intermoleculares entre a superfície do carvão (adsorvente) e o benzeno (adsorvato, substância adsorvida).

No caso apresentado, entre o adsorvente e a substância adsorvida ocorre a formação de:

a) Ligações dissulfeto.

b) Ligações covalentes.

c) Ligações de hidrogênio.

d) Interações dipolo induzido – dipolo induzido.

e) Interações dipolo permanente – dipolo permanente.

GABARITO:

1) C 2) E 3) C 4) B 5) B 6) A 7) D 8) B 9) D 10) E 11) B 12) D

Confira as resoluções comentadas

Resolução comentada da Lista 2 – 3o Ensino Médio – 2017

RESOLUÇÃO COMENTADA

1-RESP:B

Quanto maior o número de partículas em um líquido, menor será a temperatura de congelamento e maior a temperatura de ebulição.

Dica: Os efeitos coligativos, dependem apenas do número de partículas de um soluto iônico ou molecular não volátil.

2-RESP:C

Quanto menor a temperatura de um líquido, mais volátil ele é e maior a sua pressão de vapor .

Quanto maior a temperatura de ebulição, maior é o número de partículas ( maior concentração).

3-RESP:D

As soluções apresentam a mesma concentração. Portanto o que vai diferenciar é fator de i.

Captura de Tela 2017-08-09 às 19.51.31

4-RESP:C

Captura de Tela 2017-08-09 às 19.52.38

Dica: As concentrações são iguais, portanto aquele que possui o maior i, tem o maior número de partículas e menor pressão de vapor.

5-RESP:A

Quando se adiciona partículas ( soluto) à pressão máxima de vapor diminui e a temperatura de ebulição aumenta.

6-RESP:E

A questão informa que a meia-vida deste isótopo é de 3 dias. Após 21 dias serão 7 períodos

Captura de Tela 2017-08-09 às 20.51.51

7-RESP:C

A questão informa a meia-vida ( 30 anos) de uma espécie radioativa.

DICA :meia-vida é o tempo necessário para que a massa radioativa inicial se reduza a metade.

Temos:

A questão deseja determinar o tempo necessário para a massa radioativa cair para menos de 5% .

Portanto a massa inicial é igual a 100%.

100% 50% 25% 12,5% 6,25% 3,125%

30anos 30 anos 30anos 30 anos 30anos

Tempo total = 150 anos

8-RESP:E

Dada à equação, precisamos apenas balancear, para descobrir a partícula que falta.

Notamos que antes da seta, a soma das massas é:

248 + 48 = 296

Após a seta temos:

292 + 4x

Esta soma tem que ser igual a 296 e isto indica que a partícula x tem que ter 1 de massa.

Notamos que antes da seta, a soma dos prótons é:

96 + 20 = 116

Após a seta, a soma já deu 116, indicando que a partícula possui zero de carga.

Concluímos que esta partícula X é o nêutron.

Utilizando o mesmo raciocínio acima notamos que falta 4 de massa e carga 2, indicando que esta partícula é alfa.

9-RESOLUÇÃO

O nitrato de potássio (KNO3) é um sal que não sofre hidrólise, pois é derivado de um ácido forte (HNO3) e uma base forte (KOH), portanto é neutro e o pH é igual a 7, prevalecendo à coloração vermelha.

Para produzir hortênsias azuis, será necessário adicionar uma substancia com caráter ácido, pois o meio tem que ser ácido ( pH menor que 7). Entre as substâncias citadas temos o sulfato de alumínio (Al2(SO4)3), derivado de um ácido forte e uma base fraca.

Óxido é um composto binário, onde o oxigênio é o elemento mais eletronegativo. No enunciado temos a cal virgem ( óxido de cálcio) que possui o caráter básico.

Reação: CaO (s) + H2O (l) Ca(OH)2 (aq)

Dica: O óxido será básico, quando o cátion pertence à família 1A ou 2A.

Óxido básico + água base

10-RESP:C

Observando a tabela, notamos que o tornassol em meio básico tem coloração azul e que o alaranjado de metila tem a coloração amarela

11-RESP:C

1º passo

Dissociação dos compostos iônicos.

Captura de Tela 2017-08-09 às 20.53.33

Dica: Os efeitos coligativos, dependem apenas do número de partículas do soluto iônico ou molecular não volátil. Os compostos iônicos sofrem correção( fator de Vant’Hoff)= i

O número de partículas é dado por: ɱ.i

ɱ = concentração molar.

I = fator de correção.

Obs. Os compostos moleculares não possuem o fator de correção, pois não dissociam ou ionizam.

2º passo

Agora vamos determinar o número de partículas para cada uma das soluções citadas utilizando o produto ɱ.i .

- NaCl ( cloreto de sódio) 0,1 mol/L = 0,2 mol/L

-C6H12 O6 ( glicose) 0,15 mol/L = 0,15 mol/L

-k2SO4 ( sulfato de potássio) 0,1 mol/L = 0,3 mol/L

Concluímos que a curva I – glicose, curva II – cloreto de sódio e curva III – sulfato de potássio

12-RESP:D

1º passo

Captura de Tela 2017-08-09 às 20.55.06

Composto molecular

C6H12O6 (s) C6H12O6 (aq)

1 mol 1 mol

Dica: Os efeitos coligativos, dependem apenas do número de partículas do soluto iônico ou molecular não volátil. Os compostos iônicos sofrem correção( fator de Vant’Hoff)= i

O número de partículas é dado por: ɱ.i

ɱ = concentração molar.

I = fator de correção.

Obs. Os compostos moleculares não possuem o fator de correção, pois não dissociam ou ionizam.

2º passo

Agora vamos determinar o número de partículas para cada uma das soluções citadas utilizando o produto ɱ.i .

- CaCl2 ( cloreto de cálcio) 0,3 mol/L = 0,9 mol/L

-C6H12O6 ( glicose) 0,3 mol/L = 0,30 mol/L

-NaCl ( cloreto de sódio) 0,3 mol/L = 0,6 mol/L

Concluímos que a cloreto de cálcio é < que cloreto de sódio < glicose < água

13-RESP:B

A questão informa a meia-vida ( 2,7 dias) do ouro e deseja saber a massa após 10,8 dias.

Isto indica que são necessárias 4 meia-vida.

Captura de Tela 2017-08-09 às 20.55.45

DICA :meia-vida é o tempo necessário para que a massa radioativa inicial se reduza a metade.

Temos:

Portanto a massa inicial é igual a 5,6 mg.

Captura de Tela 2017-08-09 às 20.56.31

14-RESP:E

A questão informa a meia-vida ( 30 anos) do césio e deseja o tempo em anos para a massa cair para 0,15g de césio.

DICA :meia-vida é o tempo necessário para que a massa radioativa inicial se reduza a metade.

Temos:

Portanto a massa inicial é igual a 20g.

Captura de Tela 2017-08-09 às 20.57.11

15-RESP:B

DICA:quando um núcleo emite uma partícula beta, forma-se um novo núcleo com o mesmo número de massa e número atômico uma unidade maior.

Portanto:

 → 

16-RESP:A

Foram dadas as soluções de:

-cloreto de sódio ( NaCl) 0,1 mol/L.

-sacarose ( C12H22O11) 0,1 mol/L

-sulfato de potássio ( K2SO4) 0,1 mol/L

As soluções apresentam a mesma concentração.Porém temos que lembrar que as soluções iônicas possuem um comportamento diferente das soluções moleculares, pois as mesmas dissociam.

1º passo

Dissociação dos compostos iônicos.

Captura de Tela 2017-08-09 às 20.58.53

Dica: Os efeitos coligativos, dependem apenas do número de partículas do soluto iônico ou molecular não volátil. Os compostos iônicos sofrem correção( fator de Vant’Hoff)= i

O número de partículas é dado porɱ.i

ɱ = concentração molar.

I = fator de correção.

Obs. Os compostos moleculares não possuem o fator de correção, pois não dissociam ou ionizam.

2º passo

Agora vamos determinar o número de partículas para cada uma das soluções citadas utilizando o produto ɱ.i .

- NaCl 0,1 mol/L = 0,2 mol/L

-C12H22O11 0,1 mol/L = 0,1 mol/L

-k2SO4 0,1 mol/L = 0,3 mol/L

3º passo

Concluímos que a solução com maior número de partículas é a de K2SO4 e a de menor número de partículas é a de C12H22O11

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.03.45

Portanto está incorreto o que se afirma na alternativa A, pois o número de partículas são diferentes, indicando que a temperatura de vaporização será diferente.

17-RESP:E

De acordo com o enunciado temos duas soluções A e B de mesmo soluto. Analisando a tabela notamos que a solução B possui o maior número de partículas, pois apresenta a maior temperatura de ebulição.

I – VERDADEIRA

As soluções apresentam menor pressão de vapor que á água pura, pois apresentam partículas.

II – VERDADEIRA

A solução A possui menor número de partículas em relação a B.

III – VERDADEIRA

As forças de interação molecular são mais “fortes” em B, ou seja, mais difícil de ser rompidas.

18-RESP:A

Quanto maior o número de partículas, maior será a temperatura de ebulição.

Notamos que o volume e o número de mols é igual para todas as soluções, exceto o volume da solução de glicose(C6H12O6).

Podemos eliminar as alternativas com sacarose ( C12H22O11), etanol (C2H5OH) e a glicose, pois os mesmos são moleculares e não dissocia e os efeitos coligativos dependem apenas do número de partículas.

Já a solução de cloreto de sódio ( NaCl) é iônica e dissocia.

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.00.50

19-RESP:VFFV

I – verdadeiro

Adicionando soluto (sacarose) vai aumentar o número de partículas na água do mar, diminuindo a sua pressão de vapor.

II- Falso

Com adição de soluto, o ponto de congelamento diminui.

III- Falso

A condutividade elétrica é devido à presença de íons livres. Portanto adição de sacarose que é um composto molecular, não haverá aumento na concentração de íons.

IV- Verdadeiro

A concentração de íons permanece a mesma, pois a sacarose é molecular.

20-RESP:D

A questão fornece água pura( Te = 100ºC), temperatura menor que uma solução de glicose ( molecular) de concentração igual a 3 mol/L e cloreto de cálcio 1,0 mol/L ( CaCl2) composto iônico que dissocia e possui o fator de correção ( i ).

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.02.48

Portanto o produto ɱ.i = 3 mol/L.

Isto indica que a glicose e o cloreto de cálcio possui o mesmo número de partículas, consequentemente a mesma temperatura de ebulição

21-RESP:D

Quanto menor a temperatura de ebulição de um líquido, mais volátil ele se torna.

22-RESP:D

A questão fornece os dados da glicose

C = 10 g/L , T = 15ºC

1º Passo

Transformar a concentração em mol/L e a temperatura em Kelvin.

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.04.55

2º Passo

Calculando a pressão osmótica

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.05.26

Obs. Não utilizamos o fator i, porque a solução é molecular

23-RESP:A

Segundo o texto, as soluções isotônicas possuem o mesmo número de partículas. Sabendo que a glicose é molecular e a concentração é 0,2 mol/L, menor que a do nitrato de cálcio que tem o fator i, já podemos eliminar esta alternativa.

Os outros solutos são iônicos, portanto dissociam e temos que utilizar o produto ɱ.i

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.06.36

24-RESP:A

Temos

C6H12O6 = 0,3 mol/L ( molecular ).

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.08.14

produto ɱ.i = 0,15 x 2 = 0,3 mol/L

mesma número de partículas

25-RESP:C

A questão fornece dados suficiente para a utilização direta da fórmula.

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.10.09

26-RESP:E

De acordo com os dados.

Temos:

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.10.58

 

27-RESP:A

A questão refere-se aos efeitos provocados por um soluto não volátil.

Ao adicionar cloreto de sódio ( NaCl ) que é um soluto iônico, o mesmo provoca uma diminuição na pressão de vapor, um aumento na temperatura de ebulição e diminuição na temperatura de congelamento do líquido.

Encontramos essas condições na alternativa A

28-Resolução

Esta questão refere-se à radioatividade ( reação de desintegração nuclear).

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.12.37

DICA:antes da seta( reagentes) temos uma massa igual a 232, portanto após a seta(nos produtos) a soma tem que ser igual a 232. Este processo é válido também para o número atômico ( parte de baixo). 

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.13.28

Sabendo que beta não possui massa, concluímos que a massa total será 208 mais x partículas alfa.

232 = x(4) + 208

232 = 4x + 208

-4x = 208 – 232

4x = 24

X = 6

Para determinar o valor de beta, vamos substituir na fórmula.

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.14.04

90 = 12 + (-y) + 82

y = 82 + 12 – 90

Y = 4

29-RESP:C

Os lagos de água salgada, possuem menor pressão de vapor, ou seja, quanto maior o número de partículas mais acentuado é este efeito ( efeito tonoscópico ).

30-Resolução

A concentração das soluções são todas iguais. Portanto as soluções iônicas possuem o fator de correção e o produto µ.i será maior na solução de K2SO4 – 3 mols íons = i. Portanto 0,1 . 3 = 0,3 mol/L. Portanto a resposta correta é o K2SO4.

Dica : cálculo do fator de correção ( i ), foi demonstrado na resolução da questão 17.

31-Resolução

A questão informa a meia-vida do césio ( 30 anos).

DICA :meia-vida é o tempo necessário para que a massa radioativa inicial se reduza a metade.

Temos:

A questão deseja determinar o tempo necessário para a massa radioativa cair para 3,125%.

Portanto a massa inicial é igual a 100%.

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.14.48

32-RESP: E

ISÓTOPO: elemento químico que possui o mesmo número atômico.

Consultando uma tabela encontramos:

86Rn222 A = P + N

N = 222 – 86

N = 136 nêutrons

33-RESP: D

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.15.35

Meia-vida = 432 anos.

Após 1000 anos teremos 2,31 períodos.

Cálculo: 1000/432 = 2,31 períodos de meia-vida

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.16.17

34-RESP: E

A resolução é a mesma da questão 36

35- RESP: C

A questão fala sobre o ítrio-90 que é um radioisótopo que tem sido cada vez mais utilizado no tratamento de tumores, e apresenta meia-vida de 64 horas.

Segundo o gráfico foram decorridos 8 dias = 192 horas( o dia tem 24 horas).

A meia-vida é de 64 horas. Portanto temos que 192 horas = 3 meia-vida.

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.17.13

36- RESP: A

A questão indica no enunciado que a massa do elemento formado é 42% mais pesado que o átomo de chumbo.

Dado o que:

Temos

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.17.45

37- RESP: E

I – correta.

II- correta

III- correta

IV – correta

38- RESP: C

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.18.19

DICA:quando um núcleo emite uma partícula beta, forma-se um novo núcleo com o mesmo número de massa e número atômico uma unidade maior.

39- RESP: E

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.18.46

Obs:A radiação gama não possui massa e não possui carga.

40- RESP: B

Para balancear esta equação, precisamos de uma partícula que não possui massa e carga igual a -1. Concluímos que esta partícula é beta ().

41- RESP: B

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.19.24

42- RESP: C

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.19.56

Na emissão de partícula alfa, o número de massa do elemento formado diminui 4 unidades e o número atômico diminui 2 unidades.

43- RESP: C

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.20.38

44- RESP: B

Captura de Tela 2017-08-09 às 21.21.15

45- RESP: E

Notamos que na reação de desintegração, a massa não sofre alteração e o número atômico vai aumentando em uma unidade. Portanto a partícula utilizada foi a beta ()

Voltar para os exercícios

Lista 2 – 3o Ensino Médio – 2017

Lista de exercícios–Química – prof. Raimundo. 2º. Trimestre - 3º. Ens. Médio 2017

-Efeitos coligativos

-Radioatividade

Dados: C = 12 H = 1 O = 16 Ca = 40 S = 32 Na = 23 N = 14 Cl = 35,5 Mn = 55 Mg = 24 K = 39 He = 4 Br = 80 Cu = 63,5 Ag = 108 P = 31 Hg = 200 Se = 79

01 - (UNICAMP SP/2017)

O etilenoglicol é uma substância muito solúvel em água, largamente utilizado como aditivo em radiadores de motores de automóveis, tanto em países frios como em países quentes.

Considerando a função principal de um radiador, pode-se inferir corretamente que

a) a solidificação de uma solução aquosa de etilenoglicol deve começar a uma temperatura mais elevada que a da água pura e sua ebulição, a uma temperatura mais baixa que a da água pura.

b) a solidificação de uma solução aquosa de etilenoglicol deve começar a uma temperatura mais baixa que a da água pura e sua ebulição, a uma temperatura mais elevada que a da água pura.

c) tanto a solidificação de uma solução aquosa de etilenoglicol quanto a sua ebulição devem começar em temperaturas mais baixas que as da água pura.

d) tanto a solidificação de uma solução aquosa de etilenoglicol quanto a sua ebulição devem começar em temperaturas mais altas que as da água pura.

02 - (Mackenzie SP/2016)

Ao investigar as propriedades coligativas das soluções, um estudante promoveu o congelamento e a ebulição de três soluções aquosas de solutos não voláteis (A, B e C), ao nível do mar. O resultado obtido foi registrado na tabela abaixo.

Após a análise dos resultados obtidos, o estudante fez as seguintes afirmações:

I.a solução A é aquela que, dentre as soluções analisadas, apresenta maior concentração em mol.L–1.

II.a solução B é aquela que, dentre as soluções analisadas, apresenta menor pressão de vapor.

III.a solução C é aquela que, dentre as soluções analisadas, apresenta menor volatilidade.

De acordo com os dados fornecidos e com seus conhecimentos, pode-se dizer que apenas

a)a afirmação I está correta.

b)a afirmação II está correta.

c)a afirmação III está correta.

d)as afirmações I e II estão corretas.

e)as afirmações II e III estão corretas.

03 - (ACAFE SC/2017)

Considere soluções aquosas diluídas e de mesma concentração das seguintes soluções:

1: fosfato de magnésio

2: dicromato de potássio

3: Na2S2O3 . 5H2O

4: nitrato de alumínio

A ordem crescente do ponto de ebulição dessas soluções é:

a)2 3 > 4 > 1

b)2 < 4 < 1 < 3

c)2 > 4 > 1 > 3

d)2 3 < 4 < 1

04 - (USF SP/2016)

A adição de determinados solutos em meio aquoso muda algumas das propriedades físicas do solvente. Considere três recipientes que contenham 1,0 L de soluções aquosas com concentração molar igual a 0,5 mol/L das seguintes substâncias:

I.Sacarose

II.Cloreto de sódio

III.Nitrato de cálcio

Ao medir algumas das propriedades físicas dessas soluções, foi observado que

a)a solução de sacarose apresentava pontos de fusão e ebulição superiores ao da água pura.

b)a solução de cloreto de sódio apresentava ponto de congelamento inferior à solução de nitrato de cálcio.

c)a solução de nitrato de cálcio é que apresentava o menor valor de pressão de vapor.

d)apenas as soluções iônicas possuíam pontos de ebulição superiores ao da água pura.

e) maior variação entre os pontos de fusão e ebulição para essas substâncias será observada para a solução de sacarose.

05 - (UDESC SC/2016)

Quando um soluto não volátil é adicionado a um determinado solvente puro, uma solução é formada e suas propriedades físico-químicas podem ser alteradas. Este fenômeno é denominado efeito coligativo das soluções.

Considere estes efeitos e analise as proposições.

I. O abaixamento da pressão máxima de vapor de um líquido faz com que este tenha um maior ponto de ebulição. Tal fato é possível quando uma colher de sopa de açúcar (sacarose) é adicionada a uma panela contendo 1 litro de água, por exemplo. Este fenômeno é conhecido como ebulioscopia ou ebuliometria.

II. Uma tática interessante para acelerar o resfriamento de bebidas consiste na adição de sal de cozinha ao recipiente com gelo em que elas estão imersas. Neste caso, o efeito crioscópico está presente. Considerando um número idêntico de mols de cloreto de sódio e brometo de magnésio em experimentos distintos, o efeito coligativo resultante será o mesmo, pois este independe da natureza da substância utilizada.

III. A pressão osmótica do sangue humano é da ordem de 7,8 atm devido às substâncias nele dissolvidas. Desta forma, é fundamental que, ao se administrar uma determinada solução contendo um medicamento via intravenosa, a pressão osmótica deste último seja hipotônica em relação à da corrente sanguínea, sob o risco de que as hemácias possam se romper ao absorverem um excesso de partículas administradas.

Assinale a alternativa correta.

a)Somente a afirmativa I é verdadeira.

b)Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.

c)Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.

d)Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

e)Somente a afirmativa III é verdadeira.

06 - (FPS PE/2017)

O tálio-201, na forma de cloreto de tálio, é um radioisótopo usado em medicina nuclear para diagnosticar doenças coronárias e para a detecção de tumores. Sabendo que o tempo de meia-vida deste isótopo é, aproximadamente 3 dias, qual fração da concentração inicial de tálio permanece após 21 dias?

a)1/8

b)1/16

c)1/32

d)1/64

e)1/128

07 - (IFGO/2016)

Considerando que uma espécie radioativa tem meia-vida média de 30 anos, o tempo, em anos, necessário para que uma determinada massa desse material radioativo seja reduzida a menos de 5% da massa inicial é

a)30.

b)90.

c)150.

d)180.

e)210.

08 - (Mackenzie SP/2017)

Recentemente, a União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC) nomeou dois novos elementos químicos: o fleróvio (Fl) e o livermório (Lv). O livermório foi obtido a partir de uma reação de fusão nuclear do elemento cúrio com o cálcio, de acordo com a equação abaixo.

Por sua vez, o livermório sofre decaimento. Em 47 milissegundos, forma o fleróvio, como mostra a equação de decaimento abaixo.

Assim, x e y, presentes nas equações acima, representam, respectivamente,

a)pósitrons e o elemento hélio.

b)elétrons e partícula beta.

c)prótons e radiação gama.

d)deutério e nêutron.

e)nêutrons e partícula alfa.

09 - (UERJ/2017)

Hortênsias são flores cujas cores variam de acordo com o pH do solo, conforme indica a tabela:

Considere os seguintes aditivos utilizados na plantação de hortênsias em um solo neutro:

Bicarbonato de sódio, cal virgem, sulfato de alumínio e nitrato de potássio

Indique a cor das flores produzidas quando se adiciona KNO3 a esse solo e a fórmula química do aditivo que deve ser acrescentado, em quantidade adequada, para produzir hortênsias azuis.

Em seguida, dentre os aditivos, nomeie o óxido e apresente a equação química completa e balanceada da sua reação com a água.

10 - (PUC RS/2016)

Os indicadores ácido-base são úteis para se obter informações sobre o pH de soluções. Alguns, como o extrato de repolho roxo, podem ser preparados facilmente por qualquer pessoa na cozinha. Outros, como o tornassol, a fenolftaleína e o alaranjado de metila, são mais usados em laboratórios. Eles apresentam uma cor em pH ácido, outra cor em pH básico, e tonalidades intermediárias em uma faixa limitada de pH (faixa de mudança de cor), conforme pode ser observado na tabela.

De acordo com as informações acima, é correto afirmar:

a)Uma solução que fica incolor com fenolftaleína poderia ter pOH 3.

b)Água com sal de cozinha fica rosa com fenolftaleína, mas amarela com alaranjado de metila.

c)Uma solução que é tingida de azul pelo tornassol seria tingida de amarelo pelo alaranjado de metila.

d)Colocando gotas de amoníaco em água com fenolftaleína, é possível que a cor mude de rosa para incolor.

e)Um suco de fruta com concentração de H+ igual a 0,0005 mol/L fica incolor com fenolftaleína, mas amarelo com o alaranjado de metila.

11 - (UniCESUMAR SP/2016)

As curvas da pressão de vapor de três soluções aquosas em função da temperatura estão representadas, esquematicamente, no gráfico a seguir.

Assinale a alternativa que corresponde adequadamente às curvas com as respectivas soluções.

12 - (ACAFE SC/2015)

Em um laboratório de química existem 4 frascos:

- frasco 1: água

- frasco 2: solução aquosa de CaCl2 0,3 mol/L

- frasco 3: solução aquosa de NaCl 0,3 mol/L

- frasco 4: solução aquosa de glicose 0,3 mol/L

Assinale a alternativa correta que contem a ordem crescente da pressão de vapor do solvente.

a)frasco 2 > frasco 3 > frasco 4 > frasco 1

b)frasco 1 > frasco 4 > frasco 3 > frasco 2

c)frasco 1 < frasco 4 < frasco 3 < frasco 2

d)frasco 2 < frasco 3 < frasco 4 < frasco 1

13 - (UCS RS/2015)

Em cinco anos, se não faltarem recursos orçamentários, o Brasil poderá se tornar autossuficiente na produção de radioisótopos, substâncias radioativas que podem ser usadas no diagnóstico e no tratamento de várias doenças, além de ter aplicações na indústria, na agricultura e no meio ambiente. O ouro-198, por exemplo, é um radioisótopo que tem sido frequentemente empregado pela chamada “Medicina Nuclear” no diagnóstico de problemas no fígado.

Supondo que um paciente tenha ingerido uma substância contendo 5,6 mg de 198Au, a massa (em miligramas) remanescente no organismo do mesmo depois de 10,8 dias será igual a

Dado: t1/2 do 198Au = 2,7 dias

a)0,175.

b)0,35.

c)0,7.

d)1,4.

e)2,8.

Observação: Admita que não tenha ocorrido excreção do radioisótopo pelo paciente durante o período de tempo descrito no texto.

14 - (UNCISAL/2015)

Um dos maiores acidentes com o isótopo 137Cs aconteceu em setembro de 1987, na cidade de Goiânia, Goiás, quando um aparelho de radioterapia desativado foi desmontado em um ferro velho. O desastre fez centenas de vítimas, todas contaminadas através de radiações emitidas por uma cápsula que continha 137Cs, sendo o maior acidente radioativo do Brasil e o maior ocorrido fora das usinas nucleares. O lixo radioativo encontra-se confinado em contêineres (revestidos com concreto e aço) em um depósito que foi construído para este fim. Se no lixo radioativo encontra-se 20 g de 137Cs e o seu tempo de meia vida é 30 anos, depois de quantos anos teremos aproximadamente 0,15 g de 137Cs?

a)90

b)120

c)150

d)180

e)210

15 - (PUC Camp SP/2016)

O isótopo do elemento césio de número de massa 137 sofre decaimento segundo a equação:

O número atômico do isótopo que X representa é igual a

a)54.

b)56.

c)57.

d)136.

e)138.

16 - (PUC MG/2013)

Nas mesmas condições de pressão e temperatura foi preparada uma solução aquosa 0,1 mol L–1 de cloreto de sódio , uma solução aquosa 0,1 mol L–1 de sacarose e uma solução aquosa 0,1 mol L–1 de sulfato de potássio .

Sobre essas soluções, é INCORRETO afirmar que:

a) as soluções de cloreto de sódio e sulfato de potássio se vaporizam na mesma temperatura.

b) a solução de sulfato de potássio entra em ebulição a uma temperatura mais alta que a solução de NaCl.

c) a solução de sacarose se congela a uma temperatura mais baixa que a água pura.

d) a solução de NaCl tem menor pressão de vapor que a solução de sacarose.

17 - (Mackenzie SP/2015)

Em um experimento de laboratório, realizado sob pressão constante e ao nível do mar, foram utilizadas duas soluções, A e B, ambas apresentando a água como solvente e mesmo sal como soluto não volátil, as quais, estando inicialmente na fase líquida, foram aquecidas até ebulição. Desse experimento, foram coletados os dados que constam da tabela abaixo:

Um analista, baseando-se nos resultados obtidos, fez as seguintes afirmações:

I. A pressão de vapor de ambas as soluções é menor do que a pressão de vapor da água pura.

II. A solução A apresenta menor concentração de sal em relação à concentração salina da solução B.

III. As forças de interação intermoleculares na solução B apresentam maior intensidade do que as forças de interação existentes, tanto na solução A como na água.

É correto dizer que

a) nenhuma afirmação é verdadeira.

b) as afirmações I e II são verdadeiras.

c) as afirmações I e III são verdadeiras.

d) as afirmações II e III são verdadeiras.

e) todas as afirmações são verdadeiras.

18 - (Unievangélica GO/2015)

Em determinadas condições, as soluções possuem comportamentos coligativos diferentes em relação aos solventes puros, pois o número de partículas de soluto dissolvidas em solventes pode alterar significativamente as suas propriedades coligativas. Ao se dissolver em diferentes tipos de solutos em água, formar-se-ão soluções com diferentes comportamentos.

Nessas condições, a temperatura de ebulição será maior ao dissolver 1,0 mol de

a) cloreto de sódio em 100 mL de água.

b) sacarose em 100 mL de água.

c) etanol em 100 mL de água.

d) glicose em 200 mL de água.

19 - (UFU MG/2013)

Nas águas dos oceanos, encontram-se diversos íons dissolvidos, como cloretos, sódio, sulfatos, bicarbonatos, magnésio, potássio entre outros, que contribuem para a sua constante salinidade. Um estudante extraiu uma amostra de aproximadamente 200 mL de água do mar, acrescentou 10 g de açúcar (sacarose) e fez algumas verificações quanto às propriedades desta nova solução.

Com base em seus conhecimentos químicos, marque, para as afirmativas abaixo, (V) Verdadeira, (F) Falsa ou (SO) Sem Opção.

1. A pressão de vapor do sistema diminui a partir da adição do açúcar.

2. O ponto de fusão da solução final é maior que o da inicial.

3. A condutibilidade elétrica da solução resultante aumentou.

4. A concentração dos íons presentes na solução final permanece a mesma da solução inicial.

20 - (FGV SP)

Considerando a água pura, uma solução aquosa de glicose de concentração igual a 3,0 mol L–1 e uma solução aquosa de cloreto de cálcio de concentração igual a 1,0 mol L–1, assinale a alternativa que apresenta a ordem correta para as temperaturas de ebulição (Te ) desses líquidos.

a) Te água > Te da solução contendo glicose > Te da solução contendo cloreto de cálcio.

b) Te água < Te da solução contendo glicose < Te da solução contendo cloreto de cálcio.

c) Te água = Te da solução contendo glicose = Te da solução contendo cloreto de cálcio.

d) Te água < Te da solução contendo glicose = Te da solução contendo cloreto de cálcio.

e) Te água > Te da solução contendo glicose = Te da solução contendo cloreto de cálcio.

21 - (UEG GO)

A análise da figura acima, que representa o gráfico da pressão de vapor versus a temperatura para três líquidos puros hipotéticos, permite concluir que

a) a adição de NaCl aos líquidos diminui as suas temperaturas de ebulição.

b) na mesma temperatura o líquido B apresenta maior pressão de vapor.

c) o líquido C apresenta a menor temperatura de ebulição.

d) o líquido A é o mais volátil.

22 - (UECE/2014)

A descoberta do fenômeno da osmose foi atribuída a René Joachim Henri Dutrochet (1776 – 1847), físico e botânico francês, autor do termo "osmose". Sua pesquisa teve fundamental importância para explicar o processo da respiração celular. A pressão osmótica utilizada para interromper a osmose de uma determinada solução de glicose (C6H12O6) contendo 10 g/L a 15 ºC é

a) 2,62 atm. b)1,83 atm. c)2,92 atm. d)1,31 atm.

23 - (FAMECA SP/2013)

Soluções isotônicas são aquelas que apresentam a mesma concentração de partículas (moléculas ou íons).

Se uma solução de Ca(NO3)2 apresenta concentração igual a 0,2 mol L–1, ela será isotônica de uma solução de

a)sulfato de sódio de concentração 0,2 mol L–1.

b)cloreto de cálcio de concentração 0,3 mol L–1.

c)nitrato de cálcio de concentração 0,3 mol L–1.

d)nitrato de alumínio de concentração 0,2 mol L–1.

e)glicose de concentração 0,2 mol L–1.

24 - (Fac. Santa Marcelina SP/2012)

Entre as alternativas, a que exemplifica corretamente um par de soluções aquosas isotônicas é

a)glicose 0,30 mol/L e cloreto de sódio 0,15 mol/L.

b)glicose 0,30 mol/L e cloreto de sódio 0,30 mol/L.

c)glicose 0,15 mol/L e cloreto de sódio 0,30 mol/L.

d)cloreto de sódio 0,15 mol/L e cloreto de cálcio 0,30 mol/L.

e)cloreto de sódio 0,15 mol/L e cloreto de cálcio 0,15 mol/L.

25 - (UEM PR)

Sabendo-se que o sangue humano possui uma pressão osmótica de 7,8 atm a 37ºC, a massa de glicose (C6H12O6) usada para preparar um litro de uma solução isotônica a essa temperatura é, aproximadamente,

a) 5,5 gramas. b)110 gramas. c)55 gramas. d)220 gramas. e)11 gramas.

26- (UEPB)

A pressão osmótica é um efeito coligativo verificado em vários fenômenos biológicos: no sangue humano; na desidratação infantil; na ascensão da água do solo até as partes mais altas dos vegetais; e até na conservação dos alimentos. Qual é a pressão osmótica, a 27ºC, de uma solução aquosa que contém 11g de glicose em 1 de solução?

a) 0,01 atm b)0,82 atm c)0,15 atm d)0,08 atm e)1,50 atm

27 - (UNISC RS/2014)

As soluções coligativas de solventes puros são modificadas quando se adiciona um soluto não volátil a eles. Essas propriedades, portanto, não são explicadas pela natureza da substância, mas pela quantidade de moléculas, partículas ou átomos adicionados. Atuam mais especificamente sobre as propriedades físicas, pressão de vapor (tonoscopia), ponto de ebulição, PE (ebulioscopia), ponto de congelamento (crioscopia) e pressão osmótica (osmoscopia). Pode se afirmar que a adição de cloreto de sódio (sal de cozinha) em água provoca

a) a diminuição da pressão de vapor, aumento do PE e diminuição da temperatura de congelamento.

b) a diminuição da pressão de vapor, diminuição do PE e diminuição da temperatura de congelamento.

c) a diminuição da pressão de vapor, aumento do PE e aumento da temperatura de congelamento.

d) o aumento da pressão de vapor, aumento do PE e diminuição da temperatura de congelamento.

e) o aumento da pressão de vapor, aumento do PE e aumento da temperatura de congelamento.

28 – (UFU MG/2013)

A tecnologia nuclear possui diversas aplicações, das quais se destacam a esterilização de alimentos, a determinação da idade das rochas, entre outras. O tório ( Th ) é um dos elementos utilizados na tecnologia nuclear cuja transmutação natural, a partir do radioisótopo 90Th232, emite partículas alfa e beta e termina com o isótopo 82Pb208. Escreva a reação nuclear citada no enunciado, devidamente balanceada.

29 - (UFU MG/2013)

Os habitantes das regiões áridas percebem que os lagos de água salgada têm menor tendência para secar que os lagos de água doce. Esse fato deve-se à

a) menor dissolução de gases atmosféricos nos lagos de água salgada, devido à elevada concentração salina que acentua o efeito tonoscópico.

b) alta evaporação da água dos lagos salgados, em função do efeito ebulioscópico causado pelos sais dissolvidos.

c) maior concentração de solutos eletrólitos não voláteis dissolvidos nos lagos de água salgada, acentuando o efeito tonoscópico.

d) elevada presença de não eletrólitos dissolvidos na água salgada, produzindo menor efeito tonoscópico.

30 –(PUC MG/2013)

Nas mesmas condições de pressão e temperatura foram preparadas diversas soluções, tais como: solução aquosa 0,1 mol L–1 de cloreto de sódio, uma solução aquosa 34,2 g/L de sacarose e uma solução aquosa 0,1 mol L–1 de sulfato de potássio. Qual delas apresenta a maior temperatura de ebulição? Justifique a sua resposta

31 – (ESCS DF/2014)

As emissões radioativas são empregadas na radioterapia para destruir células doentes ou impedi-las de se reproduzirem. Em 1987, uma cápsula contendo cloreto de césio-137 foi abandonada junto a um equipamento nas antigas instalações do Instituto Goiano de Radioterapia, em Goiânia. A cápsula foi encontrada e aberta pelo dono de um ferro-velho, o que causou o maior acidente radioativo da história do Brasil. Considere que o tempo de meia-vida do césio-137 é de trinta anos Quanto tempo levará para a atividade do radioisótopo 137Cs cair para 3,125% de seu valor inicial?

32 - (UNIFOR CE/2015)

Evitar a poluição do ar de interiores é tão difícil quanto evitar a poluição do exterior de edifícios. A qualidade do ar nas casas e nos locais de trabalho é afetada por atividades humanas, materiais de construção e outros fatores no nosso ambiente. Os poluentes de interiores mais comuns são o dióxido de carbono, o monóxido de carbono, o formaldeído e o radônio. O radônio apresenta quatro isótopos, todos radioativos, dos quais o isótopo de massa atômica 222 é o mais estável, com uma meia-vida de 3,8 dias. A respeito deste isótopo do radônio, é correto afirmar que ( consultar uma tabela periódica).

a) possui mais prótons que os demais isótopos deste elemento.

b) por ter uma meia-vida mais longa que os demais isótopos apresenta menor risco para a saúde.

c) após 7,6 dias, a massa de uma amostra de radônio-222 se reduz à metade de seu valor inicial.

d) a soma de prótons e nêutrons do radônio-222 é a mesma apresentada pelos demais isótopos.

e) possui apenas 136 nêutrons.

33 - (Unimontes MG/2015)

O amerício-241, isótopo emissor de partícula alfa, é usado em detectores de fumaça e tem meia-vida de 432 anos. O produto de decaimento do amerício-241 e a porcentagem aproximada desse isótopo original que ainda restará depois de 1000 (mil) anos são, respectivamente, iguais a ( consultar a tabela periódica).

a) Urânio-237 e 25%. b) Netúnio-237 e 50%. c) Urânio- 239 e 12,5%. d)Netúnio-237 e 25%.

34 - (ACAFE SC/2014)

Quanto tempo levará para a atividade do radioisótopo 137Cs cair para 3,125% de seu valor inicial?

Dado: Considere que o tempo de meia vida do radioisótopo 137Cs seja de 30 anos.

a)15 anos b) 0,93 anos c) 180 anos d) 29 anos

35 - (Fac. Santa Marcelina SP/2014)

O ítrio-90 é um radioisótopo que tem sido cada vez mais utilizado no tratamento de tumores, especialmente do fígado, e apresenta meia-vida de 64 horas. No gráfico, sem escala definida, a curva mostra a atividade de certa amostra de 90Y ao longo do tempo.

De acordo com os valores indicados no gráfico, o valor da atividade, em MBq, no tempo zero era igual a

a)200. b)300. c)400. d)500. e)100.

36 - (FATEC SP/2015)

Em 2014, na Alemanha, um elemento pesado foi confirmado por experimentos com um colisor de partículas e ocupará sua justa posição como Elemento 117 na Tabela Periódica.

Bombardeando amostras de berquélio radioativo com átomos de cálcio, pesquisadores criaram átomos com 117 prótons, originando um elemento químico, aproximadamente, 42% mais pesado que o chumbo e com meia-vida relativamente longa. Os físicos apelidaram, temporariamente, o novo integrante da Tabela Periódica como “ununséptio” (Uus), alusão direta ao numeral 117, que é a soma dos 20 prótons do cálcio com os 97 do berquélio.

(http://tinyurl.com/m8nlkq2 Acesso em: 13.06.2014. Adaptado)

De acordo com o texto, a massa atômica aproximada do ununséptio é

Dado:

a) 294. b)207. c)166. d)117. e)42.

37 - (FM Petrópolis RJ/2013)

O iodo é um elemento importante da dieta humana, uma vez que é necessário para a produção dos hormônios tireoidianos. A falta de iodo na alimentação é uma das principais causas de hipotireoidismo. A atividade exacerbada da glândula tireoide causa o hipertireoidismo, que é tratado com a administração de iodo radioativo . Após a ingestão, o tende a se depositar na glândula tireoide, diminuindo a sua atividade excessiva e regularizando a sua função. Esse efeito é produzido pela capacidade de o iodo radioativo emitir partículas beta.

Sobre o iodo, o iodo radioativo e a função tireoidiana, considere as seguintes assertivas:

I. A suplementação do sal de cozinha com iodo reduziu os casos de bócio no Brasil.

II. A equação de emissão de uma partícula beta do é + .

III. Em crianças, a falta de iodo causa retardo mental em uma síndrome conhecida como cretinismo.

IV. O iodo é um halogênio que é bastante encontrado na natureza sob a forma de íon iodeto (I).

Está correto o que se afirma em

a) I e II, apenas. b)III e IV, apenas. c)I, II e III, apenas.

d) II, III e IV, apenas. e)I, II, III e IV.

38 - (UFSCAR SP/2013)

A radioterapia é um método capaz de destruir células tumorais, empregando feixe de radiações ionizantes. Os isótopos radioativos dos elementos cobalto, césio, irídio e outros são utilizados sob a forma de tubos, agulhas, fios, sementes ou placas e geram radiações, habitualmente do tipo gama, de diferentes energias, dependendo do elemento radioativo empregado. A reação nuclear envolvendo isótopos de cobalto é representada na equação:

(www.inca.gov.br. Adaptado.)

Na equação, o número atômico do elemento X é

a)26. b)27. c)28. d)59. e)60.

39 - (FGV SP/2012)

A braquiterapia é uma modalidade de radioterapia, na qual pequenas cápsulas ou fios contendo as fontes radioativas são colocados em contato com o tecido tumoral a ser tratado. Cápsulas contendo ouro-198 são empregadas para essa finalidade, e cada átomo decai com a emissão de radiação gama e uma partícula beta, , que inibem o crescimento das células cancerígenas.( consultar uma tabela periódica).

O produto do decaimento do ouro-198 é

a)ouro-197. b)ouro-199. c)platina-198. d)mercúrio-197. e)mercúrio-198.

40 - (UESPI)

O nuclídeo 131 do iodo (Z = 53), utilizado no diagnóstico de doenças da tireoide, pode ser obtido pelo bombardeio do nuclídeo 130 do telúrio (Z = 52), como representado a seguir:

Nessa reação, X corresponde a:

a)partícula alfa () b)partícula beta () c)próton () d)nêutron () e)pósitron ( )

41 - (PUC Camp SP)

A Era Atômica foi marcada por várias descobertas. Entre elas, a cisão do núcleo de urânio realizada pelos físicos alemães Otto Hahn e Fritz Strassman, em 22 de dezembro de 1922. A equação que representa esse processo é

U + Ba + Kr + 3 n

O número de nêutrons para o elemento urânio, nessa equação é

a)235 b)143 c)92 d)90 e)20

42- (FGV SP/2014)

Deverá entrar em funcionamento em 2017, em Iperó, no interior de São Paulo, o Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), que será destinado à produção de radioisótopos para radiofármacos e também para produção de fontes radioativas usadas pelo Brasil em larga escala nas áreas industrial e de pesquisas. Um exemplo da aplicação tecnológica de radioisótopos são sensores contendo fonte de amerício-241, obtido como produto de fissão. Ele decai para o radioisótopo neptúnio-237 e emite um feixe de radiação. Fontes de amerício-241 são usadas como indicadores de nível em tanques e fornos mesmo em ambiente de intenso calor, como ocorre no interior dos alto fornos da Companhia Siderúrgica Paulista (COSIPA).

A produção de combustível para os reatores nucleares de fissão envolve o processo de transformação do composto sólido UO2 ao composto gasoso UF6 por meio das etapas:

I. UO2 (s) + 4 HF (g)  UF4 (s) + 2 H2O (g)

II. UF4 (s) + F2 (g)  UF6 (g)

No decaimento do amerício-241 a neptúnio-237, há emissão de

a)nêutron. b)próton. c)partícula alfa. d)radiação beta. e)pósitron.

43 - (FAMECA SP/2014)

A figura mostra um gerador de 99mTc (tecnécio-99 metaestável) produzido no Brasil pelo IPEN. Este radionuclídeo, utilizado na medicina nuclear, é produzido continuamente pelo decaimento do radionuclídeo “pai”, que é o 99Mo (molibdênio-99). O gráfico mostra uma atividade típica de 99Mo desses geradores, em função do tempo em dias.

A partir do gráfico, pode-se concluir corretamente que a meia-vida do 99Mo, em horas, é

a)11. b)5,5. c)66. d)44. e)88.

44 - (FAMECA SP/2014)

Na equação nuclear referente ao decaimento do 99Mo, nuclídeo “pai”, para o 99mTc, nuclídeo “filho”, há liberação de

a)partículas alfa. b)partículas beta negativas. c)partículas beta positivas.

d)nêutrons. e)prótons.

45 - (UNESP SP/2014)

Água coletada em Fukushima em 2013 revela radioatividade recorde

A empresa responsável pela operação da usina nuclear de Fukushima, Tokyo Electric Power (Tepco), informou que as amostras de água coletadas na central em julho de 2013 continham um nível recorde de radioatividade, cinco vezes maior que o detectado originalmente. A Tepco explicou que uma nova medição revelou que o líquido, coletado de um poço de observação entre os reatores 1 e 2 da fábrica, continha nível recorde do isótopo radioativo estrôncio-90.

O isótopo radioativo Sr-90 não existe na natureza, sua formação ocorre principalmente em virtude da desintegração do Br-90 resultante do processo de fissão do urânio e do plutônio em reatores nucleares ou em explosões de bombas atômicas. Observe a série radioativa, a partir do Br-90, até a formação do Sr-90:

A análise dos dados exibidos nessa série permite concluir que, nesse processo de desintegração, são emitidas

a)partículas alfa. b)partículas alfa e partículas beta. c)apenas radiações gama.

d)partículas alfa e nêutrons. e)partículas beta.

GABARITO:

1) B 2) C 3) D 4) C 5) A 06) E 07) C 08) E

09) Cor: vermelha. Fórmula: Al2(SO4)3. Nome: óxido de cálcio. Reação: CaO (s) + H2O (l) Ca(OH)2 (aq) 10) C 11) C 12) D 13) B 14) E 15) B 16) A

17) E 18) A 19) VFFV 20) D 21) D 22) D

23) A 24) A 25) C 26) E 27) A 28)90Th232è 6  + 4  + 82Pb20829) C 30) A concentração das soluções são todas iguais. Portanto as soluções iônicas possuem o fator de correção e o produto µ.i será maior na solução de K2SO4 – 3 mols íons = i. Portanto 0,1 . 3 = 0,3 mol/L. Portanto a resposta correta é o K2SO4. 31) 150 anos

32) E 33) D 34) A 35) C 36) A 37) E 38) C 39) E 40) B 41) B 42) C 43) C 44) B 45) E

Confira as resoluções comentadas

Lista 02 – 2o EM 2017

Lista de exercícios–Química – prof. Raimundo. 2º. Trimestre - 2º. Ens. Médio 2017

- Mistura de soluções com reação química.

-Mistura de soluções de mesmo soluto.

-Termoquímica.

-Relação entre as concentrações.

Dados: C = 12 H = 1 O = 16 Ca = 40 S = 32 Na = 23 N = 14 Cl = 35,5 Mn = 55 Mg = 24 K = 39 He = 4 Br = 80 Cu = 63,5 Ag = 108 P = 31 Hg = 200

01 - (UEA AM/2017)

Considere as seguintes informações, obtidas de um rótulo de água mineral da cidade de Porto Seguro (BA):

nitrato --------------1,45 mg/L

pH a 25 ºC-------- 4,51

Sabendo que 1 g = 103 mg e que a massa molar do íon nitrato é igual a 62 g/mol, é correto afirmar que a concentração de íons nitrato, em mol/L, nessa água mineral é próxima de

a) 2,3 10–5.

b) 6,2 10–5.

c) 2,3 10–3.

d) 2,3 105.

e) 6,2 105.

02 - (UniCESUMAR SP/2017)

Uma amostra de 5,0 g de soda cáustica foi titulada utilizando-se uma solução aquosa de ácido sulfúrico de concentração 0,80 mol.L–1.

Considerando que foram necessários 50 mL da solução ácida para neutralizar completamente essa amostra e que nenhuma das impurezas presentes reage com ácido sulfúrico, pode-se concluir que o teor de hidróxido de sódio na soda cáustica analisada é de

a) 32 %.

b) 48 %.

c) 64 %.

d) 80 %.

e) 90 %.

03 - (Mackenzie SP/2016)

200 mL de uma solução aquosa de ácido sulfúrico de concentração igual a 1 molL–1 foram misturados a 300 mL de uma solução aquosa de hidróxido de sódio de concentração igual a 2 molL–1. Após o final do processo químico ocorrido, é correto afirmar que

a) a concentração do ácido excedente, na solução final, é de 0,4 molL–1.

b) a concentração da base excedente, na solução final, é de 0,4 molL–1.

c) a concentração do sal formado, na solução final, é de 0,2 molL–1.

d) a concentração do sal formado, na solução final, é de 0,1 molL–1.

e) todo ácido e toda base foram consumidos.

04 - (UNIUBE MG/2016)

A titulação é muito utilizada no estudo de reações ácido-base e tem por principal característica determinar a concentração de uma solução problema. Em um laboratório, um grupo de alunos pipetou uma amostra de 20,0 mL de ácido sulfúrico (H2SO4) de concentração desconhecida e adicionou 3 gotas do indicador fenolftaleína. Essa solução foi titulada com hidróxido de sódio 0,1 Molar. Após a viragem do indicador, o volume gasto de NaOH foi de 40 mL.

Com base nas informações, assinale a alternativa CORRETA.

a) A concentração do ácido é de 0,1 mol/L.

b) O número de mols de base necessário para neutralizar totalmente o ácido é de 210–3.

c) A reação entre o ácido e a base é 1:1.

d) No ponto final da titulação, a solução muda de róseo-avermelhada para incolor.

e) A neutralização total entre esse ácido e a base formará um sal de caráter ácido.

05 - (UEFS BA/2017)

Um motociclista foi de Salvador-BA para Feira de Santana-BA, percorrendo no total 110,0 km. Para percorrer o trajeto, sua motocicleta flex consumiu 5 litros de etanol (C2H5OH, d = 0,8 g.cm–3), tendo um consumo médio de 22,0 km/L.

Com base nos dados de entalpia de formação de algumas substâncias, o calor envolvido na combustão completa por litro de etanol foi, em kJ, aproximadamente,

a). –1367

b). +1367

c). –18200

d). +10936

e). –23780

06 - (Mackenzie SP/2016)

Considerando a reação de combustão completa de 1 mol de gás butano no estado-padrão e as informações existentes da tabela abaixo, calcule a variação de entalpia de combustão do butano.

07 – (Mackenzie SP/2015)

Uma solução aquosa de ácido sulfúrico, com densidade igual a 1,4 gmL–1, apresenta 70% em massa de soluto. Calcule a concentração, expressa em mol por litro, para essa solução.

08 –(Fac. Israelita de C. da Saúde Albert Einstein SP/2016-MOD)

Para determinar a pureza de uma amostra de ácido sulfúrico , uma analista dissolveu certa massa do ácido em água até obter uma solução. A analista separou 10,0 mL dessa solução e realizou a titulação, utilizando fenolftaleína como indicador. A neutralização dessa alíquota foi obtida após a adição de 40,0 mL de uma solução aquosa de hidróxido de potássio de concentração 0,5 mol.L–1. Determine a concentração em mol.L-1 do ácido analisado.

09 – (Mackenzie SP/2015)

O cicloexano (C6H12) é um hidrocarboneto líquido à temperatura ambiente, insolúvel em água, que pode ser obtido pela redução com hidrogênio, na presença de um catalisador e pressão adequados, a partir do benzeno, apresentando valor de entalpia-padrão de formação igual a –156 kJ.mol–1. Sabendo-se que as entalpias padrão de formação, da água líquida e do dióxido de carbono gasoso são, respectivamente, –286 kJ.mol–1 e –394 kJ.mol–1, determine a entalpia-padrão(ΔH) de combustão do cicloexano.

Reação: C6H12 + 9 O2 6 CO2 + 6H20

10 - (UERGS)

O volume em litros de uma solução de HNO3 0,1mol.L1 que deve ser adicionado a 5L de uma solução de HNO30,5 mol.L–1 para obter uma concentração final igual a 0,2 mol.L–1 é

  1. 3. b) 6. c) 12. d)15. e)30.

11 - (UFF RJ)

A molaridade de uma solução X de ácido nítrico é o triplo da molaridade de outra solução Y do mesmo ácido. Ao se misturar 200,0 mL da solução X com 600,0 mL da solução Y, obtém-se uma solução 0,3M do ácido. Pode-se afirmar, então, que as molaridades das soluções X e Y são, respectivamente:

a)0,60 M e 0,20 M b)0,45 M e 0,15 M c)0,51 M e 0,17 M d)0,75 M e 0,25 M e)0,30 M e 0,10 M

12 - (PUC RJ)

Uma solução de ácido clorídrico (HCl) 4,0M foi misturada com outra solução do mesmo ácido (HCl) 1,5M, obtendo-se 400 mililitros de solução 2,5M.

Os volumes em mililitros das soluções 4,0M e 1,5M de HCl que foram adicionadas são, respectivamente.

a) 120 e 280 b)140 e 260 c)160 e 240 d)180 e 220 e)200 e 200

13- (UEL PR)

Esta questão relaciona-se com a solução obtida pela mistura de 200 mL de 0,50M de HNO3 e 300 mL de solução 0,20 M do mesmo ácido. A solução final tem concentração molar

  1. 0,50 b) 0,32 c)0,25 d) 0,20 e) 0,15

14 - (UFG GO)

Misturando-se 280mL de uma solução 0,5N de HCl com 200mL de uma segunda solução de HCl contendo 14,6g deste ácido puro em 500mL de solução, a normalidade final será:

a)0,625 b)0,8 c)0,84 d)0,4 e)1,46

15 - (UNIFOR CE/2016)

O sabor azedo característico do vinagre deve-se à presença do ácido acético, CH3COOH, um ácido fraco, produzido principalmente pela fermentação do vinho. Para quantificar a presença deste ácido, 10,0 mL de uma amostra de vinagre foram neutralizados com 25,0 mL de uma solução de NaOH 0,1 mol/L. A concentração do ácido acético no vinagre, em gramas por litro, será aproximadamente igual a quanto?

16 - (Fac. Direito de Sorocaba SP/2016)

Uma solução de ácido acético (CH3COOH; massa molar 60 g) encontra-se sem titulação. Sabe-se que para a neutralização total de 150 mL dessa solução são necessários 100 mL de NaOH (1mol/L).

Segue a equação da reação de neutralização.

CH3COOH + NaOH Na+ + CH3COO + H2O

Qual a concentração em g.L-1 para essa solução de ácido acético ?

17 - (IFGO/2016)

O trifluormetano, CHF3, é produzido pela fluoração do gás metano, de acordo com a equação abaixo não balanceada.

CH4(g) + F2(g) CHF3(g) + HF(g).

Dados:

A entalpia-padrão da reação de fluoração do gás metano, em kJ.mol–1, é igual a

a) + 1633

b) + 2175

c) – 1633

d) – 2175

e) – 2325

18 - (UNESP SP/2015)

Chama-se titulação a operação de laboratório realizada com a finalidade de determinar a concentração de uma substância em determinada solução, por meio do uso de outra solução de concentração conhecida. Para tanto, adiciona-se uma solução-padrão, gota a gota, a uma solução-problema (solução contendo uma substância a ser analisada) até o término da reação, evidenciada, por exemplo, com uma substância indicadora. Uma estudante realizou uma titulação ácido-base típica, titulando 25,0 mL de uma solução aquosa de hidróxido de cálcio e gastando 20,0 mL de uma solução padrão de ácido nítrico de concentração igual a 0,10 mol · L–1.

Utilizando os dados do texto,calcule a concentração da solução de Ca(OH)2.

19 – (Unioeste PR/2014)

Atualmente, encontra-se no mercado álcool(C2H5OH) grau 46º INPM. Esta medida baseia-se na porcentagem, em massa, de álcool (46%) presente na mistura. Para a mesma, pode-se afirmar que a concentração de álcool, em mol.L–1, é igual a quanto? Para efeito de cálculos, considere a densidade da solução acima igual a 1,0 g/mL.

20 –(PUC RJ/2014)

Neutraliza-se 50 mL de solução aquosa de hidróxido de sódio 0,10 mol L–1 com 50 mL de solução aquosa de ácido sulfúrico. Nessa reação, há formação de sal e água.

Admitindo como desprezível a expansão de volume como resultado dessa reação, calcule a concentração em mol.L-1 do ácido utilizado nesta titulação.

21 - (Unievangélica GO/2015)

Leia o rótulo de determinado soro fisiológico no destaque.

Solução fisiológica de cloreto de sódio a 0,9% e densidade 1g/mL

De acordo com as especificações do rótulo e considerando condições ambientes, calcule a concentração comum desta solução.

22 –(Unimontes MG)

A densidade é uma propriedade física muito utilizada na caracterização das substâncias, principalmente nas misturas. Nesse caso, a densidade depende da proporção dos constituintes da mistura. Sabe-se que a densidade de uma solução de KCl em água, 5,00 % em massa, é 1,043 g/mL. A partir desses dados, calcule a concentração em mol/L do KCl nessa solução . K = 39 Cl = 35,5

23 – (MACK SP/2014)

Na neutralização de 30 mL de uma solução de soda cáustica (hidróxido de sódio comercial), foram gastos 20 mL de uma solução 0,5 mol/L de ácido sulfúrico, até a mudança de coloração de um indicador ácido-base adequado para a faixa de pH do ponto de viragem desse processo. Determine a concentração em mol/L da soda cáustica.

24 – (UNIFOR CE)

Gás natural veicular (GNV) é um combustível disponibilizado na forma gasosa, a cada dia mais utilizado em automóveis como alternativa à gasolina e ao álcool. O GNV diferencia-se do gás liquefeito de petróleo (GLP) por ser constituído por hidrocarbonetos na faixa do metano e do etano, enquanto o GLP possui em sua formação hidrocarbonetos na faixa do propano e do butano.

Usando os dados fornecidos, e sabendo que é um tanque típico de GNV ( formado exclusivamente por metano ( CH4 )), calcule a variação de entalpia (ΔH ) produzido na queima total de um tanque de GNV (CH4) ? Dados: CH4 = - 75 kJ/mol , CO2 = - 394 kJ/mol , H2O = - 286 Kj/mol

25 - (Mackenzie SP/2014)

Na neutralização de 30 mL de uma solução de soda cáustica (hidróxido de sódio comercial), foram gastos 20 mL de uma solução 0,5 mol/L de ácido sulfúrico, até a mudança de coloração de um indicador ácido-base adequado para a faixa de pH do ponto de viragem desse processo. Desse modo, é correto afirmar que as concentrações molares da amostra de soda cáustica e do sal formado nessa reação de neutralização são, respectivamente,

a) 0,01 mol/L e 0,20 mol/L. b) 0,01 mol/L e 0,02 mol/L. c) 0,02 mol/L e 0,02 mol/L.

d) 0,66 mol/L e 0,20 mol/L. e) 0,66 mol/L e 0,02 mol/L.

26 - (Unicastelo SP/2014)

No laboratório de um hospital, uma amostra de 10,0 mL de suco gástrico, obtida 8 horas após um paciente ter ingerido caldo de legumes, foi titulada com NaOH 0,1 mol/L, consumindo 7,2 mL da solução básica até a completa neutralização, que ocorre segundo a equação

HCl(aq) + NaCl(aq NaCl(aq) + H2O(l)

Afirma-se que a concentração de ácido, em mol/L, na amostra de suco gástrico analisada é de

a)0,1. b)0,36. c)0,072. d)0,036. e)0,0072.

27 - (PUC MG/2014)

20 mL de HCl 0,5 mol L–1 foram neutralizados por 10 mL de solução aquosa de NaOH. Qual foi a concentração dessa solução?

a)0,1 mol L–1 b)0,5 mol L–1 c)1,0 mol L–1 d)2,0 mol L–1

28 - (IME RJ)

Um erlenmeyer contém 10,0 mL de uma solução de ácido clorídrico, juntamente com algumas gotas de uma solução de fenolftaleína. De uma bureta, foi-se gotejando uma solução 0,100 M de hidróxido de sódio até o aparecimento de leve coloração rósea. Nesse momento, observou-se um consumo de 20,0 mL da solução alcalina. Pode-se afirmar que a concentração de HCl na solução ácida original era de:

a) 3,65 x 10–3 g/cm3 b)7,30 x 10–3 g/cm3 c)4,00 x 10–3 g/cm3

d) 3,20 x 10–3 g/cm3 e)2,00 x 10–3 g/cm3

29 - (UERN/2015)

Também denominado anidrido sulfúrico ou óxido sulfúrico, o trióxido de enxofre é um composto inorgânico, representado pela fórmula química SO3, é gasoso, incolor, irritante, reage violentamente com a água, é instável e corrosivo. O trióxido de enxofre é obtido por meio da oxidação do dióxido de enxofre, tendo o pentóxido de vanádio como catalisador da reação realizada pelo método de contato. Observe:

Ressalta-se que as entalpias de formação, em kJ/mol, do SO2 e SO3 são, respectivamente, –297 e –420. A entalpia de combustão de 12,8 gramas, em kJ, do dióxido de enxofre é igual a

a) 123. b)+123. c)24,6. d)+24,6.

30 - (UDESC SC/2014)

A indústria siderúrgica utiliza-se da redução de minério de ferro para obter o ferro fundido, que é empregado na obtenção de aço. A reação de obtenção do ferro fundido é representada pela reação:

Fe2O3 + 3CO  2 Fe + 3CO2

Dados: Entalpia de formação (ΔHof) a 25ºC, kJ/mol.

A entalpia de reação (ΔHor) a 25ºC é:

a)24,8 kJ/mol b)–24,8 kJ/mol c)541,2 kJ/mol d)–541,2 kJ/mol e)1328,2 kJ/mol

31 - (Unimontes MG/2014)

O bicarbonato pode ser utilizado para apagar pequenos incêndios, em função da liberação de gás carbônico, conforme a equação:

2NaHCO3 (s) Na2CO3(s) + H2O(l) + CO2 (g).

Utilizando os dados de entalpia padrão de formação dessas substâncias,

pode-se afirmar que a reação é

a)exotérmica e apresenta valor de ΔHo = – 84 kJ. b)endotérmica e apresenta valor de ΔHo = 84 kJ.

c)endotérmica e apresenta valor de ΔHo = 680 kJ. d)exotérmica e apresenta valor de ΔHo = – 680 kJ.

32 - (Fac. Santa Marcelina SP/2013)

Nos laboratórios de anatomia das universidades de medicina, as peças humanas podem ser conservadas em tanques contendo solução de formol.

A entalpia de combustão completa do formol, em kJ/mol, é igual a

a)– 571. b)+ 217. c)– 789. d) – 217. e) + 571.

33 - (UEPB/2013)

O acetileno (etino) é um gás que, ao ser queimado, atinge altas temperaturas e, por isso, tem aplicação em processos de soldas de metais. Esse gás pode ser produzido industrialmente a partir do etano, conforme a equação:

C2H6 (g)  C2H2 (g) + 2H2 (g)

A tabela a seguir apresenta alguns valores de entalpias padrão de formação:

A partir da equação e dos valores apresentados na tabela, é correto afirmar que ΔH dessa reação é:

a)–312,0 kJ/mol b)+312,0 kJ/mol c)+144,0 kJ/mol d)–144,0 kJ/mol e) +228 kJ/mol

34 - (ESCS DF/2014)

Os carboidratos são a principal fonte de energia para o organismo humano. A reação global de conversão dos açúcares em energia pode ser representada pela equação abaixo.

C6H12O6(s) + 6O2(g 6CO2(g) + 6H2O(l) + energia

As formas abertas dos monossacarídeos podem sofrer ciclização. A depender do lado em que ocorre o ataque nucleofílico da hidroxila sobre o carbono da carbonila, a ciclização resulta em dois isômeros diferentes.

Entalpias padrão de formação (ΔH0f) a 25 ºC

Com base nas entalpias padrão de formação apresentadas na tabela acima, assinale a opção que corresponde ao valor da entalpia padrão de combustão da glicose a 25 ºC.

a)–2.209 kJ/mol b)–2.604 kJ/mol c)–2.805 kJ/mol d)–1.508 kJ/mol

35 - (Fac. Cultura Inglesa SP/2015)

Soluções aquosas de hidróxido de amônio, NH4OH (aq), são empregadas na indústria têxtil e agrícola, no tratamento de efluentes e na limpeza doméstica.

(http://www.infoescola.com. Adaptado.)

Uma solução aquosa de hidróxido de amônio para uso em limpeza doméstica tem concentração de 8% em m/v, e admitindo que esta solução possui densidadeigual a 1g/cm3, é correto afirmar que a concentração aproximada, em mol/L, da solução de NH4OH para limpeza doméstica é

a)0,2. b)0,7. c)1,2. d)2,3. e)3,5.

GABARITO:

1) A 2) C 3) B 4) A 5) E 6) – 2877,3 kJ 7) 10 mol/L 8) 1 mol/L 9)- 3924 Kj 10)D 11) A 12) C 13)B 14) A15) 15g/L 16)40 g/L 17) D 18) 0,04 mol/L 19) 10 mol 20) 0,05 mol/L 21) 9 g/L 22) 0,7 mol/L 23) 0,66 mol/L 24) – 891 kJ/mol25) D 26) C 27) C 28) B 29) C 30) B 31) B 32) A 33) B 34) C 35) D

 

Confira as resoluções comentadas

Resolução Comentada – 1º. Trimestre – 2º. Ens. Médio 2017

RESOLUÇÃO COMENTADA

1-RESP: C

Esta questão é de reação de neutralização total entre um ácido e uma base.

Para ocorrer a neutralização total, a quantidade de H+ do ácido tem que ser igual a quantidade de OH- da base.

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.51.34

2 - RESP: D

O sal é o cloreto de sódio ( NaCl ) que é um composto iônico que em meio aquoso sofre dissociação. A questão refere-se aos íons sódio.

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.55.05

3-Resolução

Dica: Esta questão pede a massa de vitamina C cristalizada, porém a questão forneceu a concentração em g/L

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.56.26

4-Resolução

A questão é sobre coeficiente de solubilidade

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.57.09

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.57.40

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.57.58

5-Resolução

Temos um enunciado “enorme”, porém a resolução é simples. Temos que retirar os dados da questão.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.00.15

6-Resolução

Temos um enunciado “longo”, porém a resolução é simples. Temos que ler, grifar e retirar os dados da questão.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.05.11

7-Resolução

Separamos os dados da questão

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.08.02

8-Resolução:

1º. PASSO

Determinar a massa molar da vitamina C (176g/mol).

E calcular a massa de vitamina em gramas da dose diária recomendada (dois x 10-4 mol)

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.09.12

9-Resp: D

Esta questão refere-se ao cálculo da concentração molar de uma solução de sulfato ferroso.

1º. PASSO

Determinar a fórmula da substância citada.

Sulfato ferroso (FeSO4)

FeSO4 = 152g/mol.

2º. PASSO

Separar os dados fornecidos na questão.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.10.33

10-Resp: D

Esta questão é sobre teoria atômica molecular, a qual se refere ao cálculo do número de átomos.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.11.47

11-RESP:A

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.12.45

12-RESP:C

1º. PASSO

Calcular o quanto de selênio que temos em 4 gramas de castanha. O enunciado fornece os valores e a relação entre as unidades.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.14.13

13-RESP:C

A questão fornece a quantidade de cada ingrediente presente no refrigerante.

Esta questão fala sobre a presença do aspartame e pede para calcular a concentração em g/L.

No enunciado, não foi especificado em qual unidade deve-se calcular a concentração,porém conseguimos identificar através das alternativas.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.15.17

14-RESP:B

A questão fornece a quantidade de cada ingrediente presente no refrigerante.

Esta questão fala sobre a presença do ciclamato de sódio e pede para calcular a concentração em mol/L.

Dados da questão:

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.16.29

15-RESP:A

A questão é sobre concentração molar (mol/L).

O xarope é vendido no mercado, sob diversas formas, porém a concentração é sobre o xarope.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.17.18

16-RESP:A

Analisando o gráfico, notamos que :

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.18.04

17-RESP:E

A questão fornece a massa ( 60g) presente em 100 mL (0,1L) de solução.

A questão pede a concentração em mol/L, ou seja, quantos mols de glumato em um litro de solução.

Para resolver, primeiro vamos determinar a massa molar do glutamato.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.19.26

18-RESP:C

A questão forneceu uma tabela com o coeficiente de solubilidade do sal.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.20.27

19-RESP:E

Pelo enunciando temos que o coeficiente de solubilidade da substância X é de 53g em 100 mL de água.

Dica: Como a questão fornece valores diferentes de água, temos que calcular a quantidade de sal dissolvida nestas quantidades.

Para 50 mL de água

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.21.52

20-RESP:D

Para determinar a temperatura, vamos calcular a massa de soluto necessária para atingir o coeficiente de solubilidade. De acordo com o gráfico, a quantidade de água é de 1000g.

O enunciado fornece 500g de água e 200g de soluto.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.22.49

21-RESP:A

Através do gráfico podemos determinar o coeficiente a 30ºC e determinar a quantidade de soluto e solvente.

Dica: A questão fornece 750g de solução, isto indica que: soluto + solvente = solução (750g).

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.24.09

22-RESOLUÇÃO

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.24.58

23-RESP:C

Esta questão refere-se à teoria atômica molecular, onde se deve calcular o número de mols existentes em 0,25mg=0,25 x 10-3g de brometo de ipratrópio.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.25.57

24-RESP:D

Questão que possui enunciado longo, porém a resolução é mais simples.

Dica: Os metais alcalino-terroso são aqueles que pertencem à família 2A

Trata-se de um rótulo de água mineral. Concluímos que os sais estão na forma de íons. A tabela fornece a quantidade de íons em mg e a questão pede a massa total de metais alcalinos em mg. Portanto é só somar.

Cálcio + estrôncio + magnésio ( metais alcalino-terrosos)

7,792 + 0,342 + 0,340 = 8,474

RESPOSTA = 8,474 mg/L

25-RESP:E

A questão fornece um enunciado longo que não interfere na resolução do exercício.

Dica: A reação dada não será utilizada, pois foi apenas uma maneira da aluna recordar as aulas de química. Se você não ficar atento ao enunciado, vai querer balancear a equação que não será usada. O que vamos utilizar é apenas a massa molar do Bicarbonato ( 84 g/mol), o volume do copo d´água ( 200 Ml = 0,2L) e a massa contida no envelope de 2,10 g.

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.27.30

26-RESP:A

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.28.30

27-RESP:C

Gasto com a torneira aberta = 12 litros.

Gasto , fechando a torneira = 0,3 L.

Economia: 11,7L

Captura de Tela 2017-04-09 às 20.29.29

28-RESP: B

Dica: massa molar ---- 1 mol ---- 6 x 1023 moléculas

Cálculo do número de mols do clorometano

1mol ------------ 6 x 1023 moléculas.

X ------------ 6 x 1015 moléculas

X= 1 x 10-8 moléculas de clorometano.

Cálculo do número de mols do diclorometano

1mol ------------ 6 x 1023 moléculas.

X ------------ 1,2 x 1017 moléculas

X= 2 x 10-7 moléculas de diclorometano.

29-RESP: D

Dica: massa molar ---- 1 mol ---- 6 x 1023 moléculas

Cálculo do número de moléculas do gás sarin

140 g sarin ------------ 6 x 1023 moléculas.

0,5 x 10-3 g ------------ x

X= 2,14 x 1018 moléculas de gás sarin

30-RESP: A

Dica: massa molar ---- 1 mol ---- 6 x 1023 moléculas

Cálculo do número de moléculas do hidroxocobalamina

1300 g ------------ 6 x 1023 moléculas.

5,0 g ------------ x

X= 2,3 x 1021 moléculas hidroxocobalamina

Voltar para os exercícios

Lista de exercícios – 1º. Trimestre – 2º. Ens. Médio 2017

Lista de exercícios–Química – prof. Raimundo. 1º. Trimestre - 2º. Ens. Médio 2017

- REAÇÕES INORGÂNICAS

- CONCENTRAÇÃO COMUM.

- TEORIA ATÔMICA MOLECULAR.

- COEFICIENTE DE SOLUBILIDADE

- CONCENTRAÇÃO MOLAR.

Dados: C = 12 H = 1 O = 16 Ca = 40 S = 32 Na = 23 N = 14 Cl = 35,5 Mn = 55 Mg = 24 K = 39 He = 4 Br = 80 Cu = 63,5 Ag = 108 P = 31 Hg = 200

01 - (UNIRG TO/2016)

O hidróxido de magnésio pode ser usado para neutralizar excesso de ácido clorídrico presente no suco gástrico. Considerando a equação balanceada com os menores coeficientes inteiros possíveis para essa reação, são feitas as seguintes afirmações:

I. O valor da soma dos coeficientes dos reagentes dessa reação é igual a 3.

II. Um dos produtos formados a partir dessa reação é o sal cloreto de magnésio.

III. Ocorre uma reação de neutralização envolvendo uma base fraca e um ácido fraco.

Assinale a única alternativa que apresenta todos os itens corretos:

a) I apenas.

b) II e III, apenas.

c) I e II, apenas.

d) I e III, apenas.

02 - (PUC Camp SP/2016)

O consumo excessivo de sal pode acarretar o aumento da pressão das artérias, também chamada de hipertensão. Para evitar esse problema, o Ministério da Saúde recomenda o consumo diário máximo de 5 g de sal (1,7 g de sódio). Uma pessoa que consome a quantidade de sal máxima recomendada está ingerindo um número de íons sódio igual a

Dados: Massa molar do Na = 23,0 g/mol.

a) 1,01021

b) 2,41021

c) 3,81022

d) 4,41022

e) 6,01023

03 - (Centro Universitário de Franca SP/2016)

O quadro apresenta a estrutura da vitamina C e sua solubilidade em água em função da temperatura.

Qual a massa de vitamina C, em gramas, que pode ser cristalizada quando 2 litros de solução saturada dessa vitamina a 100 ºC são resfriados para 45 ºC?

04 - (FEI SP)

Tem-se 180g de uma solução aquosa de sacarose (C12H22O11), saturada a 50°C. Qual a massa de cristais que se separam da solução, quando ela é resfriada até 30°C? Dados: Coeficiente de solubilidade (Cs) da sacarose em água: Cs à 30°C = 220g/100g de água Cs à 50°C = 260g/100g de água

05 - (PUC Camp SP)

A fábrica de pele

As seguintes etapas são utilizadas pela “fábrica de pele” alemã para produzir 100 discos de pele reconstituída a partir de uma amostra, num processo que dura 6 semanas.

1a etapa: Com uma biópsia, extrai-se um pequeno pedaço de pele do voluntário.

2a etapa: Um braço robótico corta a pele em pedacinhos.

3a etapa: Com a ajuda de enzimas, uma máquina separa dois tipos de células: os queratinócitos, da superfície, e os fibroblastos, que compõem a parte interna da pele.

4a etapa: Os dois tipos são cultivados em biorreatores e se replicam. As células produzem colágeno, proteína que ajuda a unir e fortalecer os tecidos.

5a etapa: Os fibroblastos são despejados em frascos onde formam a derme. Nutrientes são adicionados para ajudar no processo.

6a etapa: Por cima da derme são acrescentados os queratinócitos, que ajudam a formar a epiderme.

7a etapa: Fica tudo numa incubadora a 37 ºC até a pele adquirir a forma final. O resultado tem as mesmas camadas que formam o tecido humano: derme, epiderme e subdivisões.

(Adaptado: Revista Galileu, julho de 2011, p. 47)

Nutrientes para a pele, como as vitaminas A e E, ajudam a reduzir os danos causados pelos radicais livres, graças às suas fortes propriedades antioxidantes. A dose diária de vitamina C recomendada para satisfazer as necessidades do corpo é de 100 mg. Assim, ao dissolver essa quantidade de vitamina C em meio copo d’água (cerca de 100 mL), obtém-se uma solução de vitamina C de concentração, em g/L igual a quanto?

06 - (UNESP SP/2015)

Em um laboratório didático, um aluno montou pilhas elétricas usando placas metálicas de zinco e cobre, separadas com pedaços de papel-toalha, como mostra a figura.

Com o conjunto e os contatos devidamente fixados, o aluno adicionou uma solução de sulfato de cobre II (CuSO4) aos pedaços de papel-toalha de modo a umedecê-los e, instantaneamente, houve o acendimento da lâmpada.

Sabe-se que o aluno utilizou 63,8g de sulfato de cobre II para preparar uma solução de concentração igual a 1,00 mol L–1. Calcule o volume em mL de água necessária para o preparo desta solução.

07 - (Univag MT/2014)

Devido à sua propriedade germicida, o permanganato de potássio (KMnO4) pode ser empregado no tratamento de feridas.

Qual a massa em gramas necessária desse germicida para preparar 2,5 L de solução 0,02 mol/L ?

08 - (UFPEL RS/2015)

Segundo algumas orientações nutricionais, a dose diária recomendada de vitamina C (C6H8O6), a ser ingerida por uma pessoa adulta, é de 2,5 X 10–4 mol. Se uma pessoa consome, diariamente, uma cápsula de 440 mg dessa vitamina, a dose consumida por esse paciente é X vezes maior do que a recomendada. Nesse caso, X equivale a quanto?

09 - (IFPE/2015)

O sulfato ferroso faz parte da composição de remédios indicados para combater a anemia (deficiência de ferro). Esses remédios são usados para combater a deficiência alimentar de ferro, prevenção de anemia e reposição das perdas de ferro por dificuldades na absorção. Considere um vidro de remédio de 200mL que contém 3,04g de sulfato ferroso dissolvido na solução. Assinale a alternativa que indica corretamente a concentração, em quantidade de matéria por litro (mol/L), do ferro (II) no sulfato ferroso, presente neste remédio. Dados: Fe =56 S = 32 O = 16

a) 0,05

b) 0,20

c) 0,60

d) 0,10

e) 0,40

10 - (Unimontes MG/2015)

Os dados abaixo se referem às substâncias, carbono, eteno, dióxido de carbono e glicose. Essas substâncias encontram-se representadas por I, II, III e IV, respectivamente.

I. 12,0 g de C.

II. 8 mols de C2H2.

III. 9,0 x 1023 moléculas de CO2.

IV. 180,0 g de C6H12O6.

Em relação aos dados fornecidos, apresenta maior número de átomos de carbono à substância representada em

a) I.

b) III.

c) IV.

d) II.

11 - (Fac. Santa Marcelina SP/2014)

A cafeína é muito utilizada por atletas, mas existe preocupação com o abuso do seu consumo. Recentemente, alguns estudos mostraram que os efeitos da cafeína na melhora da tolerância ao exercício prolongado devem-se ao aumento da mobilização da gordura durante o exercício, preservando os estoques de glicogênio muscular.

O gráfico representa a curva de solubilidade da cafeína em água.

Quando uma solução saturada de cafeína contendo 200 mL de água é resfriada de 100 ºC para 80 ºC, a quantidade máxima de cafeína cristalizada, em gramas, será igual a

a) 110.

b) 70.

c) 35.

d) 55.

e) 15.

12 - (Centro Universitário São Camilo SP/2014)

O selênio (Se) é um micronutriente que tem sido associado à redução de risco de alguns tipos de câncer. No entanto, o excesso desse mineral pode causar selenose. A figura apresenta um dos alimentos mais ricos em selênio e o teor de Se encontrado na análise de uma amostra oriunda da região Amazônica.

(www.agencia.cnptia.embrapa.br. Adaptado.)

Um homem adulto ingeriu 7,2 × 1017 átomos de selênio, ao consumir castanhas do Brasil com as características indicadas na figura. Dado que a constante de Avogadro é 6,0 × 1023 mol–1 e 1g = 10–6g, é correto afirmar que o número de castanhas do Brasil consumidas por esse adulto foi

a) 2.

b) 1.

c) 5.

d) 3.

e) 4.

TEXTO: Comum às questões: 10, 11

As informações destacadas abaixo foram retiradas do rótulo de um refrigerante “zero açúcar”:

A água gaseificada apresenta o seguinte equilíbrio químico:

CO2(aq) + 2 H2O(l) HCO3(aq) + H3O+(aq)

E ainda estão presentes acidulantes utilizados para realçar o sabor e para inibir o desenvolvimento de microrganismos. Os acidulantes, comumente usados pela indústria alimentícia, são os ácidos cítrico (C6H8O7) e fosfórico (H3PO4). Para regular a acidez do meio usa-se o citrato de sódio (C6H7O7Na) e para substituir o açúcar usa-se o aspartame (C14H18N2O5) e o ciclamato de sódio (NaC6H12SNO3).

13 - (UEPA/2015)

Sobre a presença do aspartame em 100 mL do refrigerante, é correto afirmar que a concentração desse adoçante no meio é:

a) 0,0012 g/L

b) 0,012 g/L

c) 0,12 g/L

d) 12,0 g/L

e) 120,0 g/L

14 - (UEPA/2015)

Em 100 mL do refrigerante, exposto no Texto XXV, à concentração em mol/L de ciclamato de sódio (NaC6H12SNO3), conforme o rótulo, é:

Dados: considere a massa molar do ciclamato de sódio=201 g/mol.

a) 5,0 x10–4 mol/L

b) 1,2 x10–3 mol/L

c) 3,5 x10–3 mol/L

d) 4,7 x10–3 mol/L

e) 5,5 x10–3 mol/L

15 - (UNIFICADO RJ/2015)

Aciclovir é um antiviral indicado no tratamento do vírus do herpes humano, incluindo o vírus do herpes simplex, tipos 1 e 2, e o vírus varicella zoster.

Há, no mercado, comprimidos de aciclovir de 200 mg, 400 mg e 800 mg. Há também a forma em xarope, com apresentação de 200 mg/5 mL. Portanto, a concentração em quantidade de matéria do aciclovir no xarope é, em mol.L–1,

Dado: A massa molar do aciclovir é 225 g/mol.

a) 0,18

b) 0,28

c) 0,58

d) 0,88

e) 0,98

16 - (UDESC SC/2013)

A figura abaixo representa a curva de solubilidade de alguns sais.

Assinale a alternativa que representa, sequencialmente, a massa (em gramas) de nitrato de potássio que é cristalizada e a massa que permanece na solução, quando uma solução aquosa saturada desse sal a 50ºC é resfriada para 20ºC.

a) 90g e 40g

b) 40g e 90g

c) 90g e 130g

d) 10g e 65g

e) 05g e 40g

17 - (Univag MT/2013)

A solubilidade em água do glutamato monossódico mono-hidratado, sal muito utilizado na culinária oriental para reforçar o sabor dos alimentos, é cerca de 60 g/100 mL a 20 ºC. Sabendo que a fórmula molecular dessa substância é C5H8NNaO4.H2O, conclui-se que a concentração aproximada, em mol/L, de uma solução saturada desse sal a 20 ºC é

a) 4.

b) 5.

c) 2.

d) 1.

e) 3.

18 - (UDESC SC/2011)

A tabela a seguir refere-se à solubilidade de um determinado sal nas respectivas temperaturas:

Para dissolver 40 g desse sal à 50ºC e 30ºC, as massas de água necessárias, respectivamente, são:

a) 58,20 g e 66,67 g

b) 68,40 g e 57,14 g

c) 57,14 g e 66,67 g

d) 66,67 g e 58,20 g

e) 57,14 g e 68,40 g

19 - (UESPI/2011)

Certa substância X pode ser dissolvida em até 53g a cada 100 mL de água (H2O). As soluções formadas por essa substância, descritas a seguir, podem ser classificadas, respectivamente, como:

1. 26,5g de X em 50 mL de H2O

2. 28g de X em 100 mL de H2O

3. 57,3g de X em 150 mL de H2O

4. 55g de X em 100 mL de H2O

a) Insaturada, Insaturada, Saturada com precipitado e Saturada.

b) Saturada, Saturada, Saturada com precipitado e Insaturada.

c) Saturada com precipitado, Insaturada, Saturada e Saturada.

d) Saturada com precipitado, Insaturada, Insaturada e Saturada.

e) Saturada, Insaturada, Insaturada e Saturada com precipitado.

20 - (UNESP SP)

No gráfico, encontra-se representada a curva de solubilidade do nitrato de potássio (em gramas de soluto por 1000 g de água).

Para a obtenção de solução saturada contendo 200 g de nitrato de potássio em 500 g de água, a solução deve estar a uma temperatura, aproximadamente, igual a

a) 12 °C.

b) 17 °C.

c) 22 °C.

d) 27 ºC.

e) 32 °C.

21 - (UFV MG)

A solubilidade do nitrato de potássio (KNO3), em função da temperatura, é representada no gráfico abaixo:

De acordo com o gráfico, assinale a alternativa que indica CORRETAMENTE a massa de KNO3, em gramas, presente em 750 g de solução, na temperatura de 30 °C:

a) 250

b) 375

c) 150

d) 100

e) 500

22 - (UFMS)

Preparou-se uma solução saturada de nitrato de potássio (KNO3), adicionando-se o sal a 50 g de água, à temperatura de 80°C. A seguir, a solução foi resfriada a 40°C. Qual a massa, em gramas, do precipitado formado?

Dados:

23 - (FMJ SP/2014)

Considere as informações sobre o brometo de ipratrópio, fármaco empregado no tratamento de doenças respiratórias como broncodilatador.

Estrutura:

Massa molar aproximada: 4 × 102 g/mol

Informação extraída da bula:

Cada mL (20 gotas) da solução para inalação contém:

brometo de ipratrópio........... 0,25 mg

veículo q.s.p. ........................ 1 mL

(cloreto de benzalcônio, acetato dissódico, cloreto de sódio, ácido clorídrico e água purificada.)

A quantidade de brometo de ipratrópio, em mol, que entra no organismo do paciente a cada mililitro de solução inalada é, aproximadamente,

a) 2 x 10–5.

b) 3 x 10–7.

c) 6 x 10–7.

d) 3 x 104.

e) 6 x 105.

24 - (Unicastelo SP/2014)

Utilize as informações reunidas na tabela, obtidas do rótulo de uma água mineral natural.

Segundo as informações da tabela, a massa total de íons de metais alcalino-terrosos dissolvidos nessa água, em mg/L, é igual a

a) 4,180.

b) 8,132.

c) 17,575.

d) 8,474.

e) 0,682.

25 - (UFSCAR SP/2013)

Após a conclusão do ensino médio, uma jovem estudante começou a se preparar para a realização das provas de vestibulares de algumas universidades. Em certo dia, durante os estudos, sentiu azia estomacal. Preocupada, sua mãe dissolveu todo o conteúdo de um envelope de medicamento num copo d’água (200 mL) e deu para a filha tomar. Após o alívio estomacal, a estudante pediu para ver o envelope do medicamento e anotou a sua composição:

bicarbonato de sódio: 2,10 g

carbonato de sódio: 0,50 g

ácido cítrico: 2,25 g

A estudante, entusiasmada, recordou das aulas de química e lembrou-se de alguns conceitos, como soluções e reações químicas, especialmente da reação entre o carbonato de sódio e o ácido produzido pelo estômago, o HCl:

xHCl+ yNa2CO3 NaCl+ wCO2 + uH2O

Se o envelope do medicamento contivesse somente bicarbonato de sódio (2,10 g) e se o volume final do conteúdo do copo d’água não se alterasse após a dissolução do medicamento, é correto afirmar que a concentração, em mol/L, de bicarbonato de sódio (massa molar 84 g/mol) nesta solução seria de

a) 0,025.

b) 0,050.

c) 0,075.

d) 0,100.

e) 0,125.

26 - (ESCS DF/2014)

Há muitos séculos, a humanidade aprendeu a utilizar as propriedades biológicas de substâncias presentes nas plantas. Por exemplo, no século V a.C., o médico grego Hipócrates relatou que a casca do salgueiro branco (Salix alba) aliviava dores e diminuía a febre. O responsável por essas atividades terapêuticas é o ácido salicílico, gerado pela metabolização, pelas enzimas do fígado, da salicilina presente no salgueiro. O ácido salicílico, apesar de suas propriedades terapêuticas, provoca lesões nas paredes do estômago. Para solucionar esse problema, a molécula foi modificada pelo laboratório alemão Bayer, em 1897, por meio da inserção de um grupo acetil. Assim surgiu o ácido acetilsalicílico, primeiro fármaco sintético empregado na terapêutica e que é hoje o analgésico mais consumido e vendido no mundo. A seguir, são apresentadas as estruturas moleculares da salicilina, do ácido salicílico e do ácido acetilsalicílico.

O ácido acetilsalicílico é pouco solúvel em água e, por isso, é comercializado na forma de comprimido. Considere que a massa molar e a solubilidade do ácido acetilsalicílico sejam iguais a 180 g/mol e 0,225 g em 100 mL de água, respectivamente. Desprezando-se a variação de volume decorrente da adição do ácido em água, uma solução aquosa saturada de ácido acetilsalicílico apresenta concentração de ácido dissolvido igual a

a) 1,25 × 10–2 mol/L.

b) 2,25 × 10–2 mol/L.

c) 1,25 g/L.

d) 18,0 g/L.

27 - (Unicastelo SP/2013)

Para economizar água, basta fechar a torneira. Por exemplo, escovar os dentes por cinco minutos com a torneira aberta gasta, em média, 12 litros de água, enquanto que molhar a escova, fechar a torneira e bochechar com um copo d’água, gastam 0,3 L. Considerando que a densidade da água é 1 g.mL–1 e a constante de Avogadro 6,0×1023 mol–1, a economia, em número de moléculas de água, H2O, demonstrada é de, aproximadamente,

a) 1x1026.

b) 2x1026.

c) 4x1026.

d) 8x1026.

e) 1x1027.

28 - (ESCS DF/2011)

Para tentar explicar a presença de clorometano e diclorometano em amostras recolhidas em Marte pela sonda Viking, cientistas aqueceram uma mistura de percloratos com o solo do deserto do Atacama, no Chile, possivelmente similar ao solo marciano. As reações químicas da experiência destruíram os compostos orgânicos do solo, liberando traços de clorometano e diclorometano como os encontrados pela sonda.

Considerando que em uma amostra foram encontradas 6 1015 moléculas de clorometano e 1,2 1017 moléculas de diclorometano, os números de mols aproximados de clorometano e de diclorometano são, respectivamente:

a) 1 x 10–9 e 2 x 10–7;

b) 1 x 10–8 e 2 x 10–7;

c) 1 x 10–6 e 5 x 10–6;

d) 1 x 106 e 2 x 108;

e) 1 x 108 e 5 x 106.

29 - (ACAFE SC/2014)

No jornal Folha de São Paulo, de 14 de junho de 2013, foi publicada uma reportagem sobre o ataque com armas químicas na Síria ´´[...] O gás sarin é inodoro e invisível. Além da inalação, o simples contato com a pele deste gás organofosforado afeta o sistema nervoso e provoca a morte por parada cardiorrespiratória. A dose letal para um adulto é de meio miligrama. […]”.

Baseado nas informações fornecidas e nos conceitos químicos, quantas moléculas aproximadamente existem em uma dose letal de gás sarin aproximadamente?

Dado: Considere que a massa molar do gás sarin seja 140g/mol.

a) 1,68x1026 moléculas.

b) 3,00x1023 moléculas.

c) 2,14x1021 moléculas.

d) 2,14x1018 moléculas.

30 - (UFTM MG/2013)

Os “cianokits”, que são utilizados por socorristas em outros países nos casos de envenenamento por cianeto, geralmente contêm 5 g de hidroxocobalamina ( massa molar igual a 1,3 x 103 g/mol ) injetável. Considerando a constante de Avogadro igual a 6 x 1023 mol–1, calcula-se que o número aproximado de moléculas existentes nessa massa de hidroxocobalamina é

a) 2 x 1021.

b) 2 x 1025.

c) 3 x 1025.

d) 3 x 1021.

e) 1 x 1021.

Confira as resoluções comentadas

Resolução comentada – Lista 01 – 1 trim 2017 – 3em

1- RESP:A

Esta questão é de deslocamento de equilíbrio.

N2(g) + O2(g) 2 NO(g) = 180 kJ

Notamos que é uma reação endotérmica, pois o ΔH é positivo, isto indica que o aumento de temperatura desloca o equilíbrio para a direita, favorecendo a formação de NO. O volume do recipiente não muda, indicando que a pressão permanece constante. Portanto concluímos que está correta o que se diz em I e II.

2- RESP:A

Esta questão é de deslocamento de equilíbrio.

Captura de Tela 2017-04-12 às 21.38.23

Foi dado o equilíbrio:

C (s) + CO2 (g)2CO (g) ; = + 88 kJ / mol de CO (g)

Para aumentar o rendimento de CO, será necessário deslocar o equilibrio para a direita. Esta é uma reação endotérmica, pois o ΔH é positivo.

Concluímos que temos que aumentar a temperatura, diminuir a pressão e não sofre alteração com a adição de catalisador.

OBS: A pressão atua apenas sobre gases e com diferentes números de mols. Catalisador não desloca equilíbrio, apenas acelera uma reação e no equilíbrio, acelera nos dois sentidos, não deslocando o mesmo.

3- RESP:E

Questão envolvendo diluição de soluções e pH.

Dados: ANTES: pH = 9 pOH = 5 [OH-] = 10-5 mol/L V= 2 L

Dados: DEPOIS: pH = 8 pOH = 6 [OH-] = 10-6 mol/L

ɱ1 = 10-5 mol/L v1 =2L ɱ2 = 10-6 mol/L v2 = ?

ɱ1 v1 = ɱ2 v2

10-5. 2 = 10-6. v2

v2 = 20L

A questão pede o volume adicionado

20 – 2 = 18 litros

4- RESP:E

Esta questão é sobre hidrólise salina.

A solução é de hipoclorito de sódio

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.27.57

 

Ácido fraco + base forte solução básica ( pH>7)

5- RESP:B

Esta questão é de deslocamento de equilíbrio.

Captura de Tela 2017-04-12 às 21.43.23

Foi dado o equilíbrio:

2SO2 (g) + O2 (g)2SO3 (g) < 0

Para aumentar o rendimento de H2SO4,temos que favorecer a formação do SO3, indicando que será necessário deslocar o equilibrio para a direita. Esta é uma reação exotérmica, pois o ΔH é negativo.

Concluímos que temos que aumentar a pressão e aumentar a concentração de oxigênio.

Dica: O aumento da concentração de SO2, também deslocaria para a direita.

6- RESP:A

O enunciado informa que pode-se notar uma progressiva variação de pH de 4,76 para 3,15.

Quanto menor o pH, mais ácida é a solução, indicando que houve acidificação e aumento na concentração de H+

7- RESP:E

A questão é sobre hidrólise salina, onde em cada tubo é colocado uma solução.

No tubo A foi colocado foi colocado ácido acético, indicando que temos uma solução ácida que em contato com a solução indicadora de ácido-base de acordo com a tabela, no inicio tem coloração roxa e no final é vermelha.

No tubo B foi colocado foi colocado soda cáustica (hidróxido de sódio), indicando que temos uma solução básica que em contato com a solução indicadora de ácido-base e de acordo com a tabela, no inicio tem coloração roxa e no final é verde.

No tubo C foi colocado foi colocado sal para churrasco (cloreto de sódio), indicando que temos uma solução neutra que em contato com a solução indicadora de ácido-base e de acordo com a tabela, no inicio tem coloração roxa e no final permanece roxa.

DICA: O cloreto de sódio é resultado da reação do ácido clorídrico(forte) com hidróxido de sódio(forte), portanto não ocorre hidrólise e a solução é neutra pH = 7.

Resolução:

O estudante colocou no tubo A uma solução de KOH que é uma solução com o caráter básico e de acordo com o primeiro experimento a coloração no meio básico será verde.

No tubo B ele adicionou HNO3 que é uma solução ácida e de acordo com o primeiro experimento, em meio ácido a coloração é vermelha.

No tubo C ele adicionou KNO3 que é uma solução neutra e de acordo com o primeiro experimento, em meio neutro a coloração é roxa.

8- RESP:D

Questão sobre hidrólise salina, onde temos vários sais e temos identificar aquele que possui o pH = 7, ou seja, não sofre hidrólise.

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.30.17

Resolução:

a) NaHCO3 (ácido fraco e base forte – pH >7 ).

b) (NH4)2SO4 ( ácido forte e base fraca – pH <7 )

c) KCN ( ácido fraco e base forte – pH >7 )

d) NaCl ( ácido forte e base forte – pH =7 )

e) Na2CO3 ( ácido fraco e base forte – pH >7 )

9- RESP:A

Utilizando as dicas do exercício anterior, temos a reação que foi dada:

H2SO4(aq) + Zn(OH)2(aq) ZnSO4(aq) + 2 H2O(L).

Ácído forte + base fraca = solução ácida pH<7

10- RESP:D

Questão referente a produto de solubilidade do nitrato de cálcio ( Ca(NO3)2. A concentração dada é igual a 2 x 10-3 mol/L.

Resolução:

Vamos escrever a dissociação deste sal

Dica:é necessário escrever a dissociação, pois a partir dela iremos ter o expoente na equação de equilíbrio que são os próprios coeficientes ( em negrito).

O produto de solubilidade é igual ao produto da concentração molar dos íons.

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.31.59

11- RESOLUÇÃO

Vamos calcular a concentração molar da solução utilizada para preparar os 200 mL de solução padrão de HNO3 0,1 mol/L.

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.33.48

Equação de ionização:

HNO3(aq)  H+ (aq) + NO3-1 (aq) ou

HNO3(aq) + H2 H3O+ (aq) + NO3-1 (aq)

Solução padrão preparada de HNO3 0,1 mol/L

PH = - log [ H+]

PH = - log 0,1

PH = - log 10-1

PH = 1

12- RESOLUÇÃO

Vamos escrever a dissociação deste sal.

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.35.55

13- RESOLUÇÃO

Analisando as condições que a questão fornece, concluímos que:

I – No solo ácido PH<7 as flores são azuis.

II- Ao adicionar NaNO3 (nitrato de sódio)( ácido forte e base forte= solução neutra ), Não ocorreu mudança na coloração das flores, permanecendo azul.

III- Ao adicionar o CaCO3 (carbonato de cálcio – base forte e ácido fraco = solução básica pH >7), a coloração das flores passou a ser rosada.

Concluímos que as flores em um solo de pH mais ácido que o de pH 5,6 a coloração será azul.

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.37.12

14- RESOLUÇÃO

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.40.58

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.42.39

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.43.43

15- RESP:E

A questão fornece o equilíbrio, o número de mols e o volume.

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.45.12

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.47.09

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.48.12

16- RESP: E

O método utilizado nesta resolução, segue o procedimento da questão 01

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.50.02

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.51.21

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.52.08

17-RESP: C

A reação citada na questão,é uma reação reversível chamada de reação de esterificação no sentido direto e hidrólise de éster no sentido inverso.

Dica: Sentido direto: da esquerda para a direita

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.55.06

18-RESP: C

O sistema possui uma mistura gasosa, onde as pressões parciais estão em equilíbrio. Portanto precisamos apenas colocar os valores na fórmula e calcular o valor de Kp.

Dica : Kp é apenas para gases.

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.56.34

19-RESP: A

O método utilizado nesta resolução, segue o procedimento:

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.57.44

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.58.35

Captura de Tela 2017-04-09 às 18.59.16

20-RESP: A

A questão fornece o equilíbrio e também o gráfico onde encontramos os valores de concentração no equilíbrio.

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.00.50

21-RESP: D

A questão informa que os valores de concentração estão no equilíbrio. Portanto não precisamos montar a tabela . Agora é apenas substituir na expressão de equilíbrio.

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.04.03

22-RESOLUÇÃO

a) HCl (aq) + NaOH (aq)  NaCl (aq) + H2O (aq)

Para determinar o pH da solução da solução resultante, temos que calcular o número de mols dos reagentes e descobrir se a solução resultante é ácida, básica ou neutra.

Dica: A solução resultante será neutra quando o número de mols dos reagentes obedecer a uma proporção.

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.05.52

23-RESP: A

Para determinar o pH da solução da solução resultante, temos que calcular o número de mols dos reagentes e descobrir se a solução resultante é ácida, básica ou neutra.

Dica: A solução resultante será neutra quando o número de mols dos reagentes obedecer a uma proporção.

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.09.11

24-RESP: E

Para determinar o pH da solução da solução resultante, temos que calcular o número de mols dos reagentes e descobrir se a solução resultante é ácida, básica ou neutra.

Dica: A solução resultante será neutra quando o número de mols dos reagentes obedecer a uma proporção.

Primeiro vamos determinar o número de mols dos reagentes.

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.13.52

25-RESP: E

A questão informa que coelhos com respiração natural possuem pH do sangue igual a 7,4.

Concluímos que esse valor mostra que o sangue dos coelhos é básico e a [H+] < [ OH-]

26-RESP: D

A questão fornece o sal denominado de sulfato ferroso, cuja fórmula é FeSO4. Este sal é resultado da reação do ácido sulfúrico (H2SO4 – ácido forte) com a base denominada de hidróxido ferroso ( Fe(OH)2 – base fraca).

Dica: Na hidrólise salina, prevalece o mais forte.

Ácido forte + base fraca = solução ácida ( pH < 7 ).

Portanto concluímos que a hidrólise do sulfato ferroso origina uma solução ácida onde a [H+]>[OH-].

27-RESP: E

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.15.27

28-RESP: B

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.16.35

29-RESP: B

O laboratorista precisa de uma solução neutra. Das soluçõesapresentadas apenas o NaCl é neutra, pois o ácido que deu origem a este sal é o ácido clorídrico (HCl que é forte ) e o hidróxido de sódio ( NaOH que é uma base forte), indicando que não ocorre hidrólise, deixando o pH igual a 7 ( neutro).

20-RESP: B

I – leite de magnésia ( Mg(OH)2solução básica.

II- limonada – solução ácida.

III- salmoura ( água salgada) = neutra

30-RESP: C

Foram dadas as reações:

I- CH3COO (aq) + H2O (l) CH3COOH (aq) + OH (aq)

II-Mg(OH)2 (s) Mg2+ (aq) + 2 OH (aq)

I – Correta: o acetato de sódio é derivado de ácido acético fraco e do hidróxido de sódio forte, indicando que o pH é maior que 7.

II- Falsa: quando se adiciona gotas de ácido clorídrico em I, está adicionando-se íons H+, que vai consumir OH-, deslocando o equilíbrio para a direita, deslocando no sentido do ácido acético.

III- Correta: quando se adiciona nitrato de magnésio (Mg(NO3)2 em I que possui o caráter ácido ( ácido forte = base fraca), irá consumir OH- e deslocar o equilíbrio para a direita, no sentido da formação do ácido acético.

31-RESP: D

As soluções com pH menor que 7 são ácidas, sendo derivadas de um ácido forte e uma base fraca. Podemos notar esta presença em:

II – nitrato de amônio – NH4NO3 – ácido nítrico (HNO3) e hidróxido de amônio ( NH4OH)- base fraca.

IV – nitrato de alumínio – Al(NO3)3 – ácido nítrico ( HNO3) e hidróxido de alumínio (Al(OH)3) – base fraca.

32-RESOLUÇÃO

a) A fonte é o sangue. O íon ferro nele contido (presente na hemoglobina), ao ser posto em contato com a solução de luminol e água oxigenada em meio básico, promoverá uma reação na qual se nota a emissão de uma luz azul, observável em ambientes com essa contaminação e com pouca iluminação.

b) De acordo com o texto, a solução de água oxigenada e luminol deve ser básica. Entre as substâncias fornecidas, apenas o Na2CO3 deixa o meio básico. O Na2CO3 é derivado do hidróxido de sódio que é uma base forte e do ácido carbônico que é fraco.

Processo de hidrólise:

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.17.48

33-RESP: C

O NaCl não sofre hidrólise, devido ao ácido forte(HCl) e a base forte(NaOH).

Temos:

NaCl(aq) Na+(aq) + Cl-(aq)

H2O H+ + OH- ( auto-ionização )

34-RESP: C

De acordo com o texto, a planta Camellia japônica ( camélia) prefere solos ácidos para o seu desenvolvimento. Como o solo está alcalino, será necessário adicionar uma substância com caráter ácido, para diminuir a alcalinidade do solo.

Das substâncias mencionadas, apenas o sulfato de amônio (NH4)2SO4 é derivado de um ácido forte – H2SO4 e uma base fraca – NH4OH.

35-RESP: A

O fosfato de cálcio tem fórmula (Ca3(PO4)2)

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.19.31

36-RESP: A

A questão fornece a fórmula do oxalato de cálcio e a massa molar.

1º passo:

Transformar a concentração em g/L em concentração molar ( mol/L)

Dados: CaC2O4= 128g/mol

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.21.03

37-RESP: B

O sulfato de prata tem fórmula (Ag2SO4)

Vamos escrever a expressão de Kps.

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.22.08

38-RESP: C

O cloreto de chumbo tem fórmula (PbCl2)

Vamos escrever a expressão de Kps.

Captura de Tela 2017-04-09 às 19.23.05

Voltar pra os exercícios